CPI da Covid-19 discute nesta semana compra e chegada de vacinas ao Brasil; veja agenda

 

O diretor da Anvisa, Antônio Barra Torres, e a presidente da Pfizer no país, Marta Díez, serão alguns dos ouvidos


Legenda: A comissão apura possíveis omissões do Governo Federal no enfrentamento da pandemia causada pelo novo coronavírus
Foto: Agência Senado

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura possíveis omissões do Governo Federal no enfrentamento da pandemia da Covid-19 volta a se reunir nesta semana. As audiências terão como foco investigar a chegada das vacinas no Brasil

Nesta terça-feira (11), será ouvido o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres, ele será a primeira oitiva da semana. A agência regulatória é responsável por fornecer a aprovação para uso dos imunizantes no País. 

A liberação de vacinas teve início em janeiro, com a autorização emergencial para o imunizante CoronaVac, desenvolvido pelo Instituto Butantan e a farmacêutica chinesa Sinovac.

Até agora, a Anvisa já provou o uso de quatro imunobiológicos: além da CoronaVac, as vacinas da Janssen, da Oxford/Astrazeneca e da Pfizer. Somente as duas últimas têm registro definitivo, enquanto as outras se baseiam em autorização emergencial.

Mês passado, a agência reguladora foi criticada por negar o registro do imunizante russo Sputnik V, alegando falhas no processo de produção. Os senadores desejam que seja esclarecida a recusa, através da apresentação das atas e gravações em vídeo das reuniões em que tratou sobre a vacina. 

Barra Torres foi oficializado na chefia da Anvisa em novembro de 2020, em plena pandemia. Assim como vários membros do primeiro e segundo escalão do governo Bolsonaro, ele é militar contra-almirante da Marinha. 
  
Inicialmente, o depoimento de Barra Torres estava previsto para acontecer no dia 6 de maio, mas teve que ser adiado após os senadores decidirem que não finalizariam a tempo a oitiva com o ministro da Saúde Marcelo Queiroga.  

RECUSA DE 70 MILHÕES DE DOSES DA PFIZER 

A comissão ouve a presidente da subsidiária brasileira da farmacêutica norte-americana Pfizer, Marta Díez. Recentemente, a empresa entregou ao Ministério da Saúde cerca de 1 milhão de doses, mas revelou que já negociava com o governo brasileiro desde o ano passado. 

Segundo a Pfizer, o Governo Federal rejeitou a oferta de 70 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 em agosto de 2020, de um total de três propostas. O imunizante desenvolvido pela farmacêutica foi a primeira a obter registro definitivo na Anvisa, no final de fevereiro.

Do total de doses prometidas, 3 milhões estavam previstas para serem entregues até fevereiro, conforme o jornal Folha de S. Paulo. O número é equivalente a cerca de 20% das doses já distribuídas no país até agora.

Também sobre as negociações entre o governo brasileiro e a Pfizer, a CPI ouve o ex-secretário de Comunicação da Presidência da República, Fábio Wajngarten, na quarta-feira (12). 

Ele deixou o cargo no início de março e, em uma entrevista concedida semanas depois, atribuiu ao ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello a responsabilidade pelo encerramento das negociações com a farmacêutica norte-americana.

Pazuello será ouvido pela CPI no próximo dia 19. Seu depoimento seria na semana passada, mas foi adiado após ele informar que teve contato com casos confirmados de Covid-19.

CRONOGRAMA 

  • terça-feira (11): diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres. 
  • quarta-feira (12): ex-secretário de Comunicação da Presidência da República Fábio Wajngarten
  • quinta-feira (13): presidente da subsidiária brasileira da Pfizer, Marta Díez. 
Quero receber conteúdos exclusivos sobre política

Share:

Nenhum comentário:

MIMOS MILU Loja virtual

MIMOS MILU         Loja virtual
FOFURAS E PAPELARIA (88) 9- 9783-0486

Ouça a Rádio Quixabeira Ao vivo

Clique na Imagem e Ouça a Rádio Quixabeira

MOBILIDADE URBANA

MOBILIDADE URBANA
DE SEXTA A DOMINGO EM JUAZEIRO

CANINANA

CANINANA
conferida no nosso novo CD!!

JOÃO PAULO FRETES E VIAGENS

JOÃO PAULO FRETES E VIAGENS
(88)99905.1070

OS MELHORES PRODUTOS PARA SUA CONSTRUÇÃO

MOB TELECOM

MOB TELECOM
TURBINE SUA CONEXÃO

ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA

ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA
ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA

RC ÓTICA EM ASSARÉ E TARRAFAS

RC ÓTICA EM ASSARÉ E TARRAFAS
16 Anos com Responsabilida e Qualidade Cuidando dos Seus Olhos.

APP MINHA MOB

Redes Socias

Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Players da Rádio Quixabeira FM

Curta nossa Página do Facebook

TOTAL DE VISUALIZAÇÕES DO SITE

Ouça no Rádios Net