Empresário do Luva de Pedreiro tentou comprar imóveis de luxo à vista; valores chegam a R$ 11 mi

 Escrito por , 

Iran Ferreira procurou ajuda de um atleta para gerenciamento de carreira

Legenda: Luva de Pedreiro é produtor de conteúdo digital.
Foto: Reprodução

O empresário do Luva de Pedreiro tentou comprar quatro imóveis avaliados em R$ 800 mil reais no Rio de Janeiro. Além deste, outro com valor estimado em R$ 8 milhões, no Condomínio Alphaville. Todos em bairros nobres. As informações foram divulgadas pelo SBT News na quinta-feira (23).

Ainda de acordo com o portal, Allan Jesus tentou fechar negócio logo, mesmo sem visitar os locais. Ele indica que a esposa seguiria com as negociações para que os pagamentos fossem feitos à vista. 

Recentemente, o colunista Leo Dias publicou que Iran Ferreira, mais conhecido como Luva de Pedreiro, tem duas contas bancárias com apenas R$ 7.500, 00. O primeiro grande faturamento foi de R$ 300 mil. Depois, veio o contrato de R$ 1 milhão com a Amazon Prime Video, para divulgar opções do catálogo esportivo.

Ainda de acordo com Leo Dias, desconfiado das ações do empresário, o Luva pediu socorro a um conhecido atleta para ajudar a gerenciar a carreira dele.


Share:

Carro cai em Cinturão das Águas e deixa duas pessoas mortas em Missão Velha

 Segundo informações do Corpo de Bombeiros, três pessoas ficaram feridas

Escrito por Redação,

Legenda: Acidente deixou duas pessoas mortas e mais três feridos
Foto: reprodução

Um carro com cinco passageiros caiu, na manhã desta sexta-feira (24), em um trecho do Cinturão das Águas na cidade de Missão Velha.

VEJA:

Informações iniciais do Corpo de Bombeiros apontam que duas pessoas morreram após o capotamento do veículo, enquanto as demais foram resgatadas. A ocorrência foi registrada no canal Dório S. Francisco, localizado na zona rural de Missão Velha.

Um mergulhador da corporação foi acionado para auxiliar no resgate das vítimas do acidente. Enquanto isso, parte da equipe retirou o veículo de dentro da água.

Share:

Milton Ribeiro, ex-ministro da Educação, é preso em operação da Polícia Federal

 Escrito por , 

Então titular da Pasta foi alvo de uma ofensiva policial na manhã desta quarta-feira (22)

Legenda: Ribeiro é alvo da Operação "Acesso Pago" da PF
Foto: Evaristo Sá/AFP

Milton Ribeiro, ex-ministro da Educação no governo de Jair Bolsonaro, foi alvo de um mandado de prisão preventiva pela Polícia Federal na manhã desta quarta-feira (22), em Santos, no Litoral de São Paulo. 

A PF o capturou no âmbito da Operação "Acesso Pago", cujo objetivo é apurar a prática de tráfico de influência e corrupção para a liberação de recursos públicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para reforma e construção de escolas e creches. O dinheiro é usado ainda para aquisição de ônibus escolares e materiais didáticos, entre outros itens.

O mandado judicial cita o envolvimento do então ministro com os crimes de corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa e tráfico de influência

Segundo a decisão do juiz Renato Borelli, Milton Ribeiro deve ser conduzido à Superintendência da Polícia Federal, em Brasília. O magistrado também determinou que a audiência de custódia dele aconteça ainda nesta tarde.

“O crime de tráfico de influência está previsto no artigo 332 do Código Penal, com pena prevista de 2 a 5 anos de reclusão. São investigados também fatos tipificados como crime de corrupção passiva (2 a 12 anos de reclusão), prevaricação (3 meses a 1 ano de detenção) e advocacia administrativa (1 a 3 meses), todos previstos no Código Penal”, informou a PF em nota.

O QUE DIZ O MEC

A PF também está cumprindo 13 mandados de busca e apreensão e outros quatro de prisão nos estados de Goiás, São Paulo, Pará e Distrito Federal. 

Em nota, o MEC confirmou que a PF esteve na sede da Pasta e garantiu estar colaborando com as investigações em todas as instâncias. "O MEC ressalta que o Governo Federal não compactua com qualquer ato irregular e o continuará a colaborar com as investigações". 

"No sentido de esclarecer todas as questões, o MEC reforça que continua contribuindo com os órgãos de controle para que os fatos sejam esclarecidos com a maior brevidade possível", complementou a Pasta. 

"Peço a Deus que não tenha problema nenhum, mas, se tem algum problema, a PF está investigando. É um sinal de que eu não interfiro na PF", disse Bolsonaro em entrevista à Rádio Itatiaia na manhã desta quarta-feira (22). 

INVESTIGAÇÃO

O inquérito foi aberto após a existência de um "gabinete paralelo" no MEC e a cobrança de propina em dinheiro a prefeitos vir à tona em março deste ano. A prática ilícita seria controlada por Ribeiro e os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura.

Em seguida, um áudio revelado pela Folha de S. Paulo mostrou que o ex-ministro dava prioridade para os pedidos dos pastores e que a liberação de recursos era um "pedido especial" de Bolsonaro.

Durante live nas redes sociais no dia 24 de março, o chefe do Executivo saiu em defesa de Milton Ribeiro e chamou de "covardia" as suspeitas envolvendo o nome do então ministro.

“Coisa rara de eu falar aqui, eu boto minha cara no fogo pelo Milton. Minha cara toda no fogo pelo Milton. Estão fazendo uma covardia com ele”, avaliou Bolsonaro. 
Share:

Campanha Solidária para o radialista João Oliveira, está sendo feita por amigos

 

Foto: Facebook de João Oliveira

O radialista João Oliveira que está trabalhando na Rádio Portal dos Inhamuns, no município de Catarina, está sendo  acometido de uma doença com  manchas sobre sua pele, após perceber o que estava acontecendo ele  procurou  dermatologistas nos municípios de Catarina e Assaré, onde fez uma bateria de exames porém nada foi detectado para saber a real  causa destas manchas que está intrigando ele, e segundo as informações  considerada misteriosa.

 ele, contou ao Blog do Amaury Alencar, que após todo esse drama os seus familiares que residem na cidade de Jundiai  no Estado de São Paulo, tomaram conhecimento de sua situação e resolverem lhe trazer para, para que pudesse fazer novas consultas e tentar descobrir o problema. o profissional de comunicação encontra-se enfermo no Hospital de Caridade  São Vicente de Paula,  na cidade de Jundiai.  recebendo os cuidados médicos e aguarda o resultado de uma biopsia. 

devido a dificuldade financeira para arcar com o seu tratamento e as despesas extras amigos, estão fazendo uma campanha solidária a fim de conseguir ajudas,

  qualquer doação pode ser feita para esse pix .

 *PIX solidariedade a João Oliveira.*

*CPF 044 689 323 41*
*Elizama oliveira Roberto*
*Caixa econômica federal*
Share:

Prefeitura de Assaré apoia festa de São João da Andreza


A Prefeitura de Assaré, por meio da Secretaria Municipal da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer apoia a Festa de São João Batista na comunidade da Andreza, zona rural da cidade. 

Este ano a festa conta com atrações especiais. Na noite de 24 de junho, a partir das 22h, Jordian do Acordeon e Marcelo Alencar realizam um grande show. O evento que é gratuito ocorre em praça pública.

Share:

Vereadores aprovam instalação de cursos da UFCA em Assaré

 

A Câmara Municipal de Assaré, aprovou nesta sexta-feira (17), por unanimidade, o Projeto de Lei que autoriza o Município firmar convênio com a Universidade Federal do Cariri – UFCA. De acordo o PL nº 019, de autoria do Poder Executivo Municipal, o convênio tem como objetivo a oferta do Curso Superior de Tecnólogo de Análise de Desenvolvimento de Sistema e do Curso Superior de Tecnólogo de Produção de Multimídias, com duração de 2 anos.  

De acordo com a proposta, o polo de Assaré oferecerá 40 vagas anuais. A forma de ingressos para os cursos será por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), com as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).  Segundo o presidente da Câmara de Assaré, Celso Freire, para a abertura do polo, a Prefeitura firmou parceria com a viabilização do espaço físico, servidores municipais para coordenar o local e o custeio da manutenção do espaço. “A UFCA é reconhecida e respeitada, vai ser muito importante para o desenvolvimento da cidade com oportunidade para a juventude”, complementa.  

Share:

Terceiro suspeito de envolvimento nas mortes de Bruno e Dom é preso no Amazonas

 Escrito por , 

Segundo a PF, ele se entregou na delegacia de Atalaia do Norte

Legenda: Suspeito é conhecido como "Pelado da Dinha",
Foto: Divulgação/PC-AM

A Polícia Federal (PF) prendeu, neste sábado (18), o terceiro suspeito de envolvimento na morte do indigenista Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips. O homem foi identificado como Jeferson da Silva Lima, conhecido como "Pelado da Dinha". As informações são do G1

A Justiça do Amazonas havia expedido mandado de prisão contra ele na noite da desta sexta-feira (17). Desde então, o suspeito estava foragido.

Segundo a PF, Jeferson se entregou na delegacia de Atalaia do Norte, no Amazonas. O homem será interrogado na unidade policial  e depois encaminhado para audiência de custódia.

Além dele, foram presos os irmãos Amarildo da Costa Oliveira, conhecido como "Pelado" – que confessou o crime nesta quarta (15) –, e Oseney da Costa de Oliveira. 

ENTENDA O CASO

Bruno Pereira e Dom Phillips
Legenda: Bruno Pereira e Dom Phillips desapareceram no dia 5 de junho, durante viagem de pesquisa na Amazônia
Foto: Reprodução

Bruno Pereira e Dom Phillips estavam desaparecidos desde o último dia 5 de junho, quando faziam o trajeto entre a comunidade ribeirinha São Rafael e a cidade de Atalaia do Norte, no Vale do Javari, Amazônia.

A viagem costuma durar apenas 2 horas, mas eles nunca chegaram. Após horas sem contato, uma equipe da União das Organizações Indígenas do Vale do Javari (Univaja) formada por indígenas conhecedores da região que trabalhavam com Bruno partiu em busca dos dois, mas sem sucesso.

A Univaja e o Observatório de Direitos Humanos dos Povos Indígenas Isolados e de Recente Contato (OPI) disseram, em nota, que os homens "receberam ameaças em campo na semana em que desapareceram".

Os grupos não forneceram mais detalhes, mas Bruno Pereira, especialista da Fundação Nacional do Índio (Funai), com profundo conhecimento da região, recebia regularmente ameaças de madeireiros e garimpeiros que tentam invadir ilegalmente as terras das comunidades indígenas.

Fonte:https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/ultima-hora/pais/terceiro-suspeito-de-envolvimento-nas-mortes-de-bruno-e-dom-e-preso-no-amazonas-1.3245406

Share:

Ouça a Rádio Quixabeira Ao vivo

Clique na Imagem e Ouça a Rádio Quixabeira

GOVERNO MUNICIPAL DE ASSARE

GOVERNO MUNICIPAL DE ASSARE
Assaré investe mais de 4 milhões de reais em pavimentação

DEPÓSITO DE BEBIDAS SÃO ROMÃO

DEPÓSITO DE BEBIDAS SÃO ROMÃO
ORG:ROMÃO E KAKÁ

Dr.Alzir Freire Advogado

Dr.Alzir Freire Advogado
Para esclarecimento de dúvidas ou qaisquer questões trabalhistas,entre em contato pelo numero (88)9 9784-0405

JÉSSICA LEITE

JÉSSICA LEITE
ADVOCACIA & ASSESSORIA

mset digital

mset digital
(88) 99298-8747

CANINANA

CANINANA
conferida no nosso novo CD!!

OS MELHORES PRODUTOS PARA SUA CONSTRUÇÃO

JS MOTO PEÇAS (88) 9 9655-8730 / (88)9 9363-5923

JS MOTO PEÇAS (88) 9 9655-8730 / (88)9 9363-5923
Rua Tertuliano Catonho - Centro- Assare-Ceará

LOJA BARATEIRA

LOJA BARATEIRA
ASSARÉ E ANTONINA DO NORTE

Redes Socias

Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Players da Rádio Quixabeira FM

Curta nossa Página do Facebook

TOTAL DE VISUALIZAÇÕES DO SITE

Ouça no Rádios Net

Arquivo do blog