OMS suspende temporariamente os ensaios clínicos com hidroxicloroquina por segurança

A decisão da Organização Mundial da Saúde segue a publicação de um estudo que considerou ineficaz ou até prejudicial o uso de cloroquina e seus derivados, como a hidroxicloroquina, contra a Covid-19

OMS suspende temporariamente os ensaios clínicos com hidroxicloroquina por segurançaGeorge Frey/AFP
A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou, nesta segunda-feira (25), que suspendeu "temporariamente" os ensaios clínicos com hidroxicloroquina que realiza com parceiros em vários países, como precaução. 
Esta decisão segue a publicação de um estudo na sexta-feira na revista médica The Lancet que considerou ineficaz ou até prejudicial o uso de cloroquina e seus derivados como a hidroxicloroquina contra a Covid-19, informou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, detalhando que a suspensão dos ensaios foi feita no sábado. 
A OMS iniciou há mais de dois meses ensaios clínicos sobre os efeitos da hidroxicloroquina, chamados "Solidariedade", a fim de encontrar um tratamento eficaz contra a COVID-19. 
Atualmente, "mais de 400 hospitais em 35 países recrutam ativamente pacientes e cerca de 3.500 pacientes foram recrutados em 17 países", explicou a autoridade máxima da OMS. 
Entretanto, de acordo com o grande estudo publicado no The Lancet, realizado com quase 15.000 pacientes, nem a cloroquina nem seu derivado da hidroxicloroquina são eficazes contra a COVID-19 em pacientes hospitalizados e essas moléculas aumentam o risco de morte e arritmia cardíaca. 
Os testes serão suspensos até que os "dados" coletados pelos testes Solidaridade sejam "analisados", disse Tedros. 
"Esta é uma medida temporária", informou Soumya Swaminathan, chefe do departamento de ciências da OMS, antes de enfatizar a "incerteza" em torno do uso da hidroxicloroquina. 
A hidroxicloroquina é um derivado da cloroquina e tem sido usada há décadas contra a malária e também é prescrita em doenças de origem autoimune, como lúpus e artrite reumatóide. 
Após um pequeno estudo chinês pouco detalhado que alegou a eficácia do fosfato de cloroquina no tratamento de pacientes com SARS-CoV2, a cloroquina ganhou destaque. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, confessou consumir a medicação para prevenir a COVID-19 e o Ministério da Saúde recomendou seu uso em pacientes contagiados com sintomas leves. 
Na segunda-feira, o chefe da OMS lembrou que esses medicamentos - hidroxicloroquina e cloroquina - "são geralmente reconhecidos como seguros para pacientes afetados por doenças autoimunes ou malária".
No Brasil, após determinação do presidente Jair Bolsonaro, o Ministério da Saúde alterou na última quarta (20) o protocolo para permitir o uso dos medicamentos também por pacientes com sintomas leves do novo coronavírus. Até então, a orientação era de uso apenas por pacientes graves e críticos e com monitoramento em hospitais.

Share:

Nenhum comentário:

Ouça a Rádio Quixabeira Ao vivo

Clique na Imagem e Ouça a Rádio Quixabeira

OS MELHORES PRODUTOS PARA SUA CONSTRUÇÃO

MOB TELECOM

MOB TELECOM
TURBINE SUA CONEXÃO

ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA

ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA
ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA

LEVE PARA SEU EVENTO

LEVE PARA SEU EVENTO
CONTATOS PARA SHOWS:(81) 9.9929-8456 / (88) 9.9925-3344

RC ÓTICA

RC ÓTICA
16 Anos com Responsabilida e Qualidade Cuidando dos Seus Olhos.

EMPÓRIO DO AÇAÍ

EMPÓRIO DO AÇAÍ
PRODUTOS NATURAIS

APP MINHA MOB

ÓTICA SAN VALLENTIN

ÓTICA SAN VALLENTIN
Aqui você enxerga a diferença

Redes Socias

Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Players da Rádio Quixabeira FM

Curta nossa Página do Facebook

TOTAL DE VISUALIZAÇÕES DO SITE

Ouça no Rádios Net