Sérgio Moro autoriza força-tarefa de intervenção penitenciária no Ceará ~ Quixabeira do Assaré

Sérgio Moro autoriza força-tarefa de intervenção penitenciária no Ceará


Os agentes de intervenção penitenciária vão atuar nos serviços de guarda, vigilância e custódia de presos

O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, em reunião com o governador do Estado Camilo Santana, em Brasília.Foto: Isaac AmorimMJSP
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, autorizou o emprego da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP) em apoio ao Estado do Ceará, que tem sofrido uma onda de ataques violentos desde o início do mês.
A decisão consta na portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (28). A força-tarefa, que ficará no Estado por 45 dias, a contar de 14 de janeiro, vai atuar nos serviços de guarda, vigilância e custódia de presos


Esse tipo de força-tarefa para intervenção nos estados é objeto de outras duas portarias de Moro publicadas nesta segunda.

RELACIONADAS

"Não vamos ceder", diz secretário da Administração Penitenciária no Ceará

Megaoperação contra ataques no Estado captura 42 pessoas

Camilo recebe Tasso, Girão e Wagner para discutir crise na segurança


Regras
A primeira atualiza as regras para o emprego do grupo, que deverá ser formado por agentes federais de execução penal e agentes penitenciários estaduais e do Distrito Federal, na forma de acordos ou convênios entre o Ministério da Justiça e Segurança Pública e os entes federados. 


A segunda explica como os estados podem requerer a força-tarefa para treinamento e sobreaviso. Neste último caso, a autorização será pelo período de 180 dias. 



Segundo um dos atos, a formação de Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária se dará no âmbito do Departamento Penitenciário Nacional, em apoio aos governos de Estado, "em caráter episódico e planejado, tendo em vista a situação carcerária dos Estados Federados, para situações extraordinárias de grave crise no sistema penitenciário" e para treinamento e sobreaviso. 



As atividades dessa força-tarefa abrangem serviços de guarda, vigilância e custódia de presos e podem incluir ainda ações de inteligência de segurança pública que tenham relação com o sistema prisional.

O efetivo das equipes é definido de acordo com planejamento feito pelos entes envolvidos em cada operação.

Fonte:Diário do Nordeste
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

RC FLORES

RC FLORES

RC ÓTICA

RC ÓTICA

CLICK E BAIXE O CD COMPLETO

Redes Socias

Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Players da Rádio Quixabeira FM

Escreva-se no nosso Site

Curta nossa Página do Facebook

As Mais Lidas do Site

Total de visualizações do Site

Ouça no Rádios Net