Janeiro 2019 ~ Quixabeira do Assaré

Prefeito de Tarrafas receberá comenda.


Prefeito de Tarrafas receberá comenda.
A Comenda Dona Tereza Moreira, criada pela Câmara Municipal de Tarrafas, para comemorar os 30 anos de instalação do Poder Legislativo naquele Município, será conferida aos ex-vereadores que passaram pela Casa neste período. Os atuais membros deste Poder também serão agraciados. No total, 28 a receberão a Comenda. “A história é fundamental à memória de uma comunidade. Quando a história se perde no tempo, o sentido da vida também se perde. A nossa terra tem uma história muito bonita e jamais se apagara, porque a defendemos agora e passaremos a missão aos nossos descendestes”, disse o presidente Valdeci Lêu.
Fora da edilidade, apenas o atual prefeito Tertuliano Martins será agraciado. “O nosso dever é valorizar o passado e o presente da Câmara. O prefeito será homenageado porque ele está no exercício do cargo. O seu mandato coincide com a 8ª legislatura deste Poder”, lembrou Valdeci.


A Comanda Dona Tereza Moreira será entregue aos agraciados nesta sexta-feira, 2, em sessão solena da Câmara Municipal de Tarrafas.
Share:

SAÚDE Volta às aulas: vacinação em dia é eficaz para prevenir doenças

30 DE JANEIRO DE 2019  # # # # #

Helga Rackel - Assessoria de Comunicação da Sesa
Com o início da rotina escolar, a Secretaria da Saúde do Ceará relembra aos pais, mães e responsáveis a importância de atualizar a caderneta de vacinação das crianças. O ditado popular diz que “é melhor prevenir do que remediar”. E a melhor prevenção é a vacina. “É fundamental, assim como amamentação. Porque ambos aumentam as defesas das crianças contra doença e elas desenvolvem mais resistência”, afirma a pediatra Sônia Guerreiro.
De acordo com a pediatra, é comum crianças adoecerem nas primeiras semanas de aula. As doenças infecciosas, por exemplo, podem ser transmitidas de uma criança para outra por meio de contato. “Crianças iniciando idade escolar, normalmente, estão com a imunidade em desenvolvimento e, portanto, são mais suscetíveis ao adoecimento”, ressalta Sônia.
Assim como a higiene e o saneamento são necessários para a prevenção das doenças infecciosas, as vacinas são importantes para proteger a saúde. “As vacinas permitem a prevenção, o controle, a eliminação e a erradicação das doenças imunopreveníveis, assim como a redução da morbimortalidade (índice de óbitos por uma doença específica) por certos agravos”, diz Daniele Queiroz, coordenadora da Vigilância em Saúde do Ceará.
Atualmente, a rede pública de saúde disponibiliza 19 vacinas no Calendário Nacional de Vacinação. As vacinas estão disponíveis nos postos de saúde dos 184 municípios cearenses para crianças, adolescentes, adultos, idosos e gestantes. Para casa faixa etária há vacinas específicas e todas, com exceção da Influenza, ficam disponíveis fora do período de campanhas. Ou seja, o ano todo.
“Algumas doenças infecciosas, tais como a coqueluche, a transmissão ocorre pelo contato direto, ao tossir, espirrar ou falar, e uma das principais formas de prevenção é através da vacinação disponível para crianças até 6 anos, 11 meses e 29 dias de idade”, exemplifica a coordenadora de Vigilância em Saúde do Ceará.
Com a vacinação na infância, além da coqueluche, as crianças ficam imunes também às formas graves de tuberculose, hepatites A e B, diarreia por rotavírus, poliomielite (paralisia infantil), difteria, meningite, rubéola, caxumba, febre amarela e ao sarampo e tétano.
“No período escolar existe uma aglomeração de crianças e adolescentes, assim como também maior risco para transmissão de vírus e bactérias. Faz-se necessário manter a caderneta de vacinação sempre atualizada para garantir a proteção contra as doenças”, alerta Daniele.
Quanto mais pessoas são imunizadas, mais comunidades são protegidas contra doenças e menor é a chance de contaminar outras. Seguir o calendário de vacinação nos períodos indicados, traz mais benefícios para as crianças. A vacinação básica é gratuita. Procure a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua casa.
Share:

Após negação da Justiça Toffoli autoriza Lula a se encontrar com família em São Bernardo minutos após sepultamento do irmão



Ex-presidente poderá se encontrar com a família em Unidade Militar (Foto: Reprodução)

Em 30/01/2019

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, de plantão no recesso do Judiciário, autorizou nesta quarta-feira (30) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a deixar a prisão, em Curitiba, para se despedir do irmão em São Bernardo Campo (SP).

Genival Inácio da Silva, o Vavá, como era conhecido, morreu na manhã desta terça-feira (29), aos 79 anos.

Toffoli assegurou o direito de Lula de se encontrar com os familiares em Unidade Militar em São Bernardo, com a possibilidade de que o corpo de Vavá seja levado até lá.

"Por essas razões, concedo ordem de habeas corpus de ofício para, na forma da lei, assegurar, ao requerente Luiz Inácio Lula da Silva, o direito de se encontrar exclusivamente com os seus familiares, na data de hoje, em Unidade Militar na Região, inclusive com a possibilidade do corpo do de cujos ser levado à referida unidade militar, a critério da família", decidiu o presidente do Supremo.

O presidente do STF afirma na decisão que eventuais intercorrências apontadas pela PF no relatório no qual recomendou a não liberação de Lula "não devem obstar o cumprimento de um direito assegurado àqueles que estão submetidos a regime de cumprimento de pena, ainda que de forma parcial, vale dizer, o direito de o requerente encontrar-se com familiares em local reservado e preestabelecido para prestar a devida solidariedade aos seus, mesmo após o sepultamento, já que não há objeção da lei".

Toffoli proibiu o uso de celulares e outros meios de comunicação, bem como a presença de imprensa e declarações públicas. A justificativa é a manutenção da segurança do ex-presidente, dos presentes e dos agentes públicos que o acompanharem.

Segundo o pedido apresentado ao STF, o velório ocorre desde terça-feira (29), e o sepultamento será feito às 13h desta quarta-feira (30), em São Bernardo do Campo, em São Paulo.

O ex-presidente teve o mesmo pedido rejeitado por instâncias inferiores, mas reverteu a decisão na Suprema Corte.

´Direito humanitário´

No pedido apresentado ao STF, a defesa argumentou que a Lei de Execução Penal prevê o “direito humanitário” de o ex-presidente comparecer ao velório.

Segundo a norma, os condenados que cumprem pena em regime fechado ou semi-aberto e os presos provisórios podem obter permissão para sair da cadeia, desde que escoltados, quando há o falecimento ou doença grave do cônjuge, companheira, ascendente, descendente ou irmão.

Os advogados do ex-presidente ainda relembraram episódio da década de 1980, quando mesmo preso durante a ditadura militar, Lula obteve autorização para comparecer ao velório da mãe, Eurídice Ferreira Mello, a Dona Lindu.

O ex-presidente foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo juiz Sérgio Moro a nove anos e seis meses de prisão em julho de 2017.

Em janeiro de 2018, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região confirmou a sentença e aumentou a pena do ex-presidente para 12 anos e 1 mês de prisão no caso do triplex em Guarujá (SP).

No dia 7 de abril, Lula se entregou à Polícia Federal. Ele está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

Fonte: G1




Por Agência Miséria 
Miséria.com.br
Share:

Toffoli autoriza Lula a deixar prisão para encontrar familiares em São Paulo

O irmão do ex-presidente morreu ontem e deve ser enterrado nesta quarta-feira (30)

Vavá morreu em decorrência de um câncerReprodução/Twitter
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, autorizou nesta quarta-feira (30) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a sair da prisão em Curitiba/PR para encontrar familiares e se despedir do irmão, que morreu nesta terça-feira (29), em São José dos Campos/SP.
Toffoli, que está de plantão durante o recesso do Judiciário, permitiu que Lula se encontrasse com a família na Unidade Militar na Região. Há a possibilidade de que o corpo do irmão dele seja levado até lá.
A defesa do ex-presidente pediu ao STF nesta madrugada para ir ao enterro de seu irmão. Lula recorreu de decisão da Justiça do Paraná que, segundo a defesa, somente repassou o pedido à Polícia Federal, sem garantir seu direito. A defesa invoca no pedido o direito humanitário de Lula se despedir de um familiar.
Nesta quarta, o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) negou o pedido para saída temporária da prisão para acompanhar o velório e enterro de seu irmão. O desembargador Leandro Paulsen lembrou, em sua decisão, que o velório acontecerá na tarde desta quarta-feira em São Bernardo do Campo, cidade em que "centenas de manifestantes" atrasaram a prisão do ex-presidente no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em abril do ano passado.  Ou seja, segundo o magistrado, o comparecimento de Lula ao velório do irmão demandaria um grande efetivo de agentes públicos para garantir que não haveria risco à segurança pública.
O desembargador ainda avaliou que o acompanhamento do velório demandaria uma operação excessivamente custosa, em especial em um momento de "enorme crise financeira" dos estados, e citou o argumento da Polícia Federal e da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo de que não há efetivo suficiente ou transporte aéreo suficiente por causa da tragédia de Brumadinho.
Vavá morreu aos 79 anos em São Paulo, em decorrência de um câncer no pulmão.

Fonte:Diário do Nordeste

Share:

Fernando Santana será o 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa do Ceará







O deputado estadual Fernando Santana (PT) será o 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa do Ceará. Ele representa o PT na Mesa Diretora e mostra a força do governador Camilo Santana no partido.

O novo presidente da AL, Sarto Nogueira, convocou entrevista coletiva para 11h de hoje (30) para apresentar composição da nova mesa.
Em tempo
Duas deputadas, Aderlânia Noronha (2ªSec) e Patrícia Aguiar(3ªSec), comporão a direção do Legislativo.

Fonte:cn7.com.br
Share:

SAÚDE Transplantes: Ceará registra segundo melhor resultado da história em 2018

29 DE JANEIRO DE 2019 - 15:05 # # #

Helga Rackel | Débora Morais - Assessoria de Comunicação da Sesa
O Ceará realizou 1.536 transplantes de órgãos e tecidos em 2018, segundo melhor resultado da história. Foram 17 a mais que no ano anterior, quando o Estado fez 1.519. Destaque para o número de transplantes de fígado, 211 realizados, o segundo maior recorde consecutivo registrado no Ceará. Em relação a 2017, houve crescimento de 4,9% no número de transplantes hepáticos.
Outros três tipos de transplantes também se destacaram no ano passado: quatro de rim/ pâncreas, 31 de coração e 32 alogênicos de medula óssea. Comparado ao ano anterior, o Ceará totalizou 14 transplantes a mais desses órgãos e tecidos. Em 2017, foram um de rim/ pâncreas, 27 cardíacos e 25 alogênicos de medula óssea. Em 2018, houve também 220 transplantes de rim, um de pâncreas, três de pulmão, 68 autólogos de medula óssea, 938 de córnea e 28 de esclera.
A coordenadora da Central de Transplantes do Ceará, Eliana Régia, ressaltou o resultado positivo de 2018 e declarou que a meta é ampliar a capacitação de profissionais para viabilizar mais captações de órgãos no interior do estado.
Até o dia 28 de janeiro, o Ceará já registrou 82 transplantes de órgãos e tecido. Um deles foi o da maranhense Maria Monteiro de Souza, 32, que mora há 10 anos em Camocim, a 356 km de Fortaleza. Depois de seis anos de espera, ela ganhou no dia do seu aniversário, 3 de janeiro, o que considera o melhor presente de todos: um novo fígado. Esse foi o primeiro transplante hepático em 2019 no Estado, realizado no Hospital Geral de Fortaleza (HGF), da rede pública do Governo do Ceará. Maria teve alta no último dia 24 de janeiro e tem perspectivas muito positivas para o novo ano.

Esperança em 2019

“Eu quase não acreditei, não sabia se chorava, se agradecia para todos eles da equipe, pois uma vez, eu até cheguei a ser a próxima da fila, mas surgiu uma urgência na minha frente e o órgão teve que ir para essa pessoa. Eu não fico triste, porque tudo é no tempo de Deus, mas eu passei por muitas provações durante esse tempo. Várias internações, idas e vindas ao hospital, mas Deus é muito bom e me presenteou. Tudo isso em ensinou muito”, declara.
Desde os 12 anos de idade, Maria sofria com os sintomas da retocolite ulcerativa, uma doença que causa inflamação do revestimento do cólon (intestino grosso) ou reto. Pelo agravamento dessa doença, descobriu o problema no fígado. Ela veio para o Ceará em busca do tratamento da doença hepática, onde conseguiu entrar na fila de transplante.
“Desde criança, a minha vida foi cercada por cuidados. Eu cresci com a retocolite e sempre fui privada de muitas coisas. Às vezes, eu até sentia uma inveja dos meus amigos que podiam dormir na casa do outro, saiam e eu precisava ficar em casa. Isso me deixava muito triste, porque eu tinha que ter repouso e tratar a doença direitinho. Ao longo desses anos eu tomei muitos remédios, e foi por conta disso que meu fígado não aguentou e eu precisei de um transplante hepático”, explica.
Maria foi internada no HGF no dia 31 de dezembro de 2018. Além dela, outras 21 pessoas receberam um novo fígado neste ano. Nos primeiros 28 dias de 2019, o Ceará realizou 12 transplantes de rim, 46 de córnea e dois de coração.
Share:

Dia “D” de combate ao mosquito da dengue será dia 1º em Assaré.


Dia “D” de combate ao mosquito da dengue será dia 1º em Assaré.
Na manhã desta quarta-feira, (30), secretários municipais, diretores de escolas e outros agentes ligados à Gestão Municipal de Assaré, estiveram reunidos no Centro Social Maria de Jesus Oliveira para definir as ações relacionadas ao dia “D”, de combate a dengue. Como em edições anteriores, os alunos das escolas serão os principais atores deste trabalho de conscientização e fiscalização.
Porque os estudantes?
Segundo a ativista Vandinha Almeida, que está à frente desta ação, o envolvimento dos alunos é fundamental, porque eles irão participar diretamente da mobilização. E por se conscientizarem da importância de combater este mosquito que traz tantos males à saúde, eles irão conscientizar o seu grupo familiar.
O ponto de partida das ações será nas escolas. Nelas as equipes se reúnem e de lá seguem para as localidades, precisamente às 7 horas da manhã, do dia 1º de fevereiro, escolhido como Dia “D” de combate ao mosquito.
O que será feito?
As 6 equipes têm por missão recolher material que armazena água, expostos em terrenos baldios, que vão desde as tampas de garrafas aos grandes recipientes, como baldes, pneus e latas. Adianta Vandinha, que além do recolhimento do lixo, as ações principais serão nas residências. “As equipes irão conversar com as pessoas em suas casas, fazendo as recomendações e mostrando que o combate ao mosquito da dengue é um dever de cada um de nós. Porque estamos expostos a ele. Ninguém está imune para contrair a dengue, zica vírus e chikungunya. O importante é combate-lo sem trégua”, disse Vandinha.
Acrescenta ainda Vandinha, que as recomendações são as mesmas: “Não colocar lixo em terrenos baldios; não deixar água acumulada em recipientes em casa; deixar o vaso sanitário permanentemente fechado; cuidado com o jarro das plantas e tudo aquilo que acumule água parada”, concluiu.
O Dia “D” de combate a dengue envolverá ações de todas as secretarias. Cada uma das equipes contará com uma estrutura de apoio, que envolve até uma caçamba para recolher o lixo.





Share:

Mourão diz que presença de Lula em velório de irmão é 'questão humanitária'

Genivaldo Inácio da Silva, um dos irmãos mais próximos de Lula, morreu com câncer de pulmão aos 79 anos

"É uma questão humanitária. Perder um irmão é sempre uma coisa triste. Eu já perdi o meu e sei como é que é", disse o presidente interinoFoto José Cruz/Agência Brasil

O presidente interino, Hamilton Mourão (PRTB), disse se tratar de uma "questão humanitária" a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no velório de seu irmão, morto nesta terça-feira (29).
Ele lembrou que também perdeu um irmão no passado e que não considera haver problema em uma eventual autorização do Poder Judiciário para que o petista participe da cerimônia fúnebre.
"É uma questão humanitária. Perder um irmão é sempre uma coisa triste. Eu já perdi o meu e sei como é que é", disse. "Eu acho que se a Justiça considerar que está ok, não vejo problema nenhum", acrescentou.
Genivaldo Inácio da Silva, um dos irmãos mais próximos de Lula, morreu com câncer de pulmão aos 79 anos, em São Paulo, onde estava internado em umhospital desde a semana passada.
Um pedido de habeas corpus no TRF (Tribunal Regional Federal) da 4ª Região no final da tarde desta terça-feira (29) reforçou a solicitação para a saída temporária do ex-presidente.
A solicitação, feita por Ricardo Luiz Ferreira, de São Paulo, ocorre diante da indefinição no pedido inicial da defesa de Lula à Justiça Federal do Paraná.
Os advogados dele ressaltam que o artigo 120 da Lei de Execução Penal permite a presença do petista. No ano passado, foi negada autorização a Lula para participar do enterro do advogado Sigmaringa Seixas.

Fonte:Diário do Nordeste
Share:

Doença Diarreica Aguda (DDA) se multiplica no interior do Estado

Em Juazeiro do Norte, por exemplo, nas três primeiras semanas de janeiro, houve um aumento de 26% no número de casos. No Ceará, foram registradas mais de 11 mil ocorrências da virose

    FOTO: ALEX PIMENTEL

O número de casos da Doença Diarreica Aguda (DDA) cresceu no interior do Estado, neste início de ano. Segundo especialistas, o período chuvoso potencializa os riscos de doenças transmitidas por bactérias, vírus e parasitas. Na Vila de Jericoacoara, no litoral oeste, o acúmulo de lixo - apesar de a coleta regular e seletiva - se torna ambiente propício à proliferação de moscas e outros insetos.
O resultado é o crescente número de casos de viroses que têm acometido, tanto os moradores, quanto os turistas, que buscam nesta época do ano, as calmas águas da Vila e suas belezas naturais para fugir do estresse de suas cidades. Foi o caso do goiano Rodrigo Costa (38), em visita à badalada praia pela segunda vez. Logo nos primeiros dias das férias no litoral cearense, os sintomas começaram a ocorrer.
"Eu tive um quadro de vômito persistente, assim como outras pessoas do meu grupo, que também apresentaram casos de diarreia. Cedo, buscamos a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) local, onde nos informaram que se tratava de uma virose causada pela mosca", disse o nutrólogo.
Ao ser atendido e medicado, Rodrigo Costa percebeu o grande número de pacientes que chegavam à UPA com os mesmos sintomas. Em conversa com alguns deles, o turista estranhou a forma natural com a qual tratavam o caso. "Eu não tive na unidade de atendimento nenhuma orientação sanitária de como deveria proceder para não propagar essa infecção. O pessoal comentava que isso ocorria com frequência nesta época do ano. Todo mundo assumia a intoxicação como sendo culpa das moscas, como se isso não pudesse ser evitado", disse o turista que ficou dias acamado.
Preocupado, Rodrigo passou a observar melhor o que ocorria com os alimentos que eram servidos. "Eu percebi que não havia nenhum tipo de ação sanitária simples para impedir isso, tanto no hotel de alto padrão, onde me hospedei, quanto em outros estabelecimentos que lidam com alimentos. Vi janelas de cozinhas sem telagem, comidas expostas sem cobertura necessária e pessoas manipulando alimentos, ou turistas se alimentando, sem o uso anterior de álcool em gel, que não vi exposto em nenhuma mesa; ações mínimas que podem evitar esse tipo de problema", reforçou Costa.
Prevenção
De acordo com Jéssica Albuquerque, diretora da UPA de Jericoacoara, os casos de infecção tiveram aumento considerável na Vila. Cerca de 30 pacientes foram atendidos logo na primeira semana de janeiro, entre crianças e adultos.
"Ao longo das semanas, esse número foi aumentando. Além de moradores, muitos turistas também têm buscado a unidade. Muitos já apresentam sintomas logo no primeiro dia de estadia. Nós temos desenvolvido um plano de tratamento para quem busca a UPA. É importante que o turista tenha cuidado com a alimentação, higienização e hidratação durante a viagem", detalhou Albuquerque.
O secretário de Saúde de Jijoca de Jericoacoara, Ângelo Nóbrega, destacou procedimentos adotados pelos profissionais. "A Secretaria tem orientado a população com palestras e medidas preventivas, como campanhas em estabelecimentos que recebem turistas ou comercializam alimentos", disse.
Alta
Em Juazeiro do Norte, no Cariri, nas três primeiras semanas de janeiro, foram registrados 674 casos de Doenças Diarreicas Agudas (DDA), conhecida erroneamente como "virose da mosca". O número é 26% maior que no mesmo período do ano passado e cresceu, principalmente, na terceira semana, quando 256 casos foram notificados. Porém, a coordenadora de Vigilância Epidemiológica do Município, Evanusia de Lima, acredita que ainda não se trata de um surto pelo número alto de habitantes, que chega a, aproximadamente, 270 mil.
Mesmo assim, a Secretaria da Saúde tem intensificado as orientações quanto às doenças. "Já é rotina o monitoramento da água para consumo humano como uma das alternativas de prevenção", explica. Os agentes de saúde têm visitado bairros reforçando os cuidados com os hábitos de higiene, principalmente na lavagem de mãos, preparo dos alimentos e no uso de água filtrada ou fervida, além do cuidado com o lixo. Já no Crato, em igual período, foram registrados 532 casos, um número mais preocupante, já que o Município possui metade da população de Juazeiro do Norte (135 mil habitantes). Ano passado, 471 casos foram notificados. "Devemos considerar que essa é uma doença sazonal e que nesse período de chuva aumenta a ocorrência de casos", pondera a coordenadora especial de Vigilância em Saúde, Arlene Sampaio.
A preocupação deve continuar até os meses de março ou abril, devido à quadra chuvosa no Estado. No Cariri, ao contrário das outras regiões do Ceará, as chuvas se intensificam mais cedo, de janeiro a abril, enquanto nas demais localidades, o "inverno" se estende até maio. "A Secretaria da Saúde fica alerta para evitar a ocorrência de complicações, como desidratação e desequilíbrio hidroeletrolítico, principalmente em crianças e idosos", completa Arlene.
Em Iguatu, maior cidade da região Centro-Sul, o número de pacientes que procuram a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e a emergência do Hospital Regional (HRI) com queixa de diarreia, vômito e dor no corpo dobrou neste mês em relação a dezembro passado. A enfermeira da UPA em Iguatu, Luana Soares, disse que, em média, no plantão de 12 horas, o atendimento é de 70 pacientes, mas neste mês chega a 150. "A maioria apresenta queixa de vômito, diarreia, alguns têm quadro de febre alta e dor no corpo", disse.
"Há pacientes de todas as faixas etárias", completou. Na emergência do HRI a movimentação é intensa e o número de pacientes com os sintomas básicos cresceu pelo menos 70%, segundo o serviço de enfermagem da unidade.
"É um problema sazonal, que ocorre nessa época do ano", disse a enfermeira Cláudia Oliveira. "As pessoas precisam ter cuidado com exposição dos alimentos, higiene das mãos e evitar que moscas pousem sobre a comida", concluiu Cláudia.
Já no Sertão Central, foram detectados 447 casos na área da 8ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRES), sediada em Quixadá. Neste Município são 125 confirmações de DDA, o maior número da região. Na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, representa 6% das ocorrências diários. A UPA tem capacidade para atender 200 pacientes por dia. Por enquanto, o quadro é de normalidade, explica o diretor geral da unidade, Raul Dinelly.
Alerta
Embora seja conhecida como "doença da mosca" ou "virose da mosca", de acordo com a enfermeira Caroline Muniz, técnica do Núcleo de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa), o inseto, no entanto, não é o único transmissor dessa virose, notificada como Doença Diarreica Aguda (DDA).
Ela acredita que a virose ganhou este "apelido" devido à época mais chuvosa do ano, onde aumenta a proliferação de moscas. "O que se nota, nesse período chuvoso, é que em alguns locais, você percebe o aumento da proliferação de moscas. E isso pode ter correlação com questões de higiene, cuidados com alimentos. Mas não existe diretamente transmissão do vírus pela mosca", detalha Rui Gouveia.
A doença pode ser transmitida por vírus, bactérias ou parasitas. Tanto a mosca como o rato, a barata, formiga e até mesmo o ser humano podem transmitir esses micro-organismos. Por isso, a higienização correta das mãos e dos alimentos é fundamental para prevenir a DDA.
Muniz adverte, entretanto, que o Estado ainda não atingiu um surto de virose. "Esses casos estão apenas se iniciando no nosso Estado. São 11 mil até a semana passada, mas até o meio do ano deveremos ter mais de dois mil por semana. No ano passado, foram 307 mil no total", finalizou.
Cuidados
Conforme os médicos, o tempo de cura gira entre dois a 14 dias. Para se prevenir, medidas simples podem ajudar, como lavar sempre as mãos, legumes, frutas e verduras e beber bastante água.

Fonte:Diário do Nordeste
Share:

Justiça do Rio de Janeiro manda soltar Doutor Bumbum

O médico responde pela morte da bancária Lilian Calixto, após a realização de um procedimento estético.


A Justiça do Rio de Janeiro, por unanimidade, concedeu na noite desta terça-feira (29) o habeas corpus para o médico Denis Cesar Barros Furtado, conhecido como Doutor Bumbum.
Preso desde o dia 19 de julho de 2018, o médico responde pela morte da bancária Lilian Calixto, 46, após a realização de um procedimento estético.
Os desembargadores da 7ª vara criminal do Rio decidiram trocar a prisão do médico por medidas cautelares. Entre elas, ele deve ficar em casa à noite e nos dias de folga, enquanto estiver sendo investigado. Ele também está proibido de deixar o Rio de Janeiro.
Lilian era moradora de Cuiabá e morreu no dia 15 de julho de 2018 horas depois de ser submetida a um procedimento estético no glúteo no apartamento do médico, em um condomínio na Barra, zona oeste do Rio. 
Na ocasião, o médico relatou que a paciente não teve reação à aplicação de 300 ml de PMMA(polimetilmetacrilato) na região do glúteo. Ela teria, no relato do médico, ligado mais tarde alegando estar se sentindo mal e foi levada ao hospital privado Barra D'Or. 
Segundo informações da unidade de saúde, ela chegou em estado extremamente grave e mesmo após "manobras de recuperação", não foi possível reverter o quadro.
A paciente acabou morrendo duas horas após atendimento devido a umaembolia pulmonar, causada por uma obstrução em uma artéria do pulmão. 
O médico, que não tem registro para atuar no Rio nem formação em cirurgia plástica, foi preso junto com a mãe, Maria de Fátima Furtado, que atuava como assistente, e a namorada, que era sua secretária.

Share:

Princípio de motim é registrado no Centro Educacional Patativa do Assaré

Adolescentes queimaram colchões nas alas 1 e 3 da unidade; situação já foi controlada

Os adolescentes envolvidos na queima de colchões foram encaminhados para a Delegacia da Criança e do AdolescenteFoto: Rafaela Duarte
Um princípio de motim foi registrado no Centro Educacional Patativa do Assaré, bairro Ancuri, no fim da tarde desta segunda-feira (28).
Segundo superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo (Seas), adolescentes do Centro queimaram alguns colchões dentro de seus dormitórios nas alas 1 e 3, por volta das 17h.
A situação foi prontamente controlada pela equipe da unidade, com apoio da Polícia Militar. Durante a ocorrência não houve fugas e ninguém ficou ferido.
A superintendência informou que será realizado Boletim de Ocorrência e relatórios circunstanciados serão encaminhados à Corregedoria e Sistema Justiça, para identificar as causas do ocorrido. 
Por conta do princípio de motim, os adolescentes foram retirados do local etransferidos para outra unidade.

Fonte:Diário do Nordeste
Share:

Jovem é morta pelo marido preso durante visita íntima em SP


À polícia, o agressor assumiu o crime e disse ter sido motivado por ciúmes

Na página que ela mantinha em rede social, Nicolly relatou que o marido era muito ciumento e havia brigas, mas que no final "tudo acaba em muito amor"Foto: Reprodução/Facebook
Uma jovem de 22 anos foi assassinada pelo marido durante visita íntima, neste domingo (27), no interior do Centro de Detenção Provisória (CDP), de Jundiaí, interior de São Paulo. A mulher, Nicolly Guimarães Sapucci, foi derrubada do beliche e agredida com vários chutes no rosto.
À polícia, o agressor assumiu o crime e disse ter sido motivado por ciúmes. Ela chegou a ser socorrida e levada a um hospital da cidade, mas não resistiu. Conforme a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), o autor dofeminicídio, Michael Denis Freitas, de 25 anos, foi autuado em flagrante e continuará preso.
De acordo com boletim registrado na Polícia Civil, a jovem morava em Bragança Paulista e vivia com Freitas desde agosto de 2017. No ano passado, ele foi preso após ser acusado de roubo. No dia do crime, os dois estavam na cela reservada para visitas íntimas, quando teriam começado a discutir. O acusado teria empurrado a mulher para fora do beliche e, já no chão, desferido chutes em seu rosto.
Conforme a SAP, por volta das 15h50, perto do término do horário da visitação, o agente que conduzia os visitantes para fora do pavilhão percebeu que a mulher não havia saído da cela onde acontecia a visita íntima. Nesse momento, alguns detentos solicitaram socorro, alegando que uma visitante teria sofrido um acidente na cela. Os agentes encontraram a jovem com hematomas e inconsciente. 
Ela foi levada para o Hospital São Vicente, mas não se recuperou e acabou morrendo por volta das 20h40. No hospital, segundo a SAP, foi constatado que ela sofreu traumatismo craniano. Encaminhado à delegacia da Polícia Civil, o preso assumiu as agressões, resultantes de uma briga motivada por ciúmes. Ele relatou à polícia que derrubou a mulher da cama e a agrediu com socos e pontapés. 
A pasta informou ter sido aberto um procedimento disciplinar e preliminar para apuração dos fatos. O preso foi isolado preventivamente em cela disciplinar e será pedida ao juiz local sua internação em regime disciplinar diferenciado. Segundo a SAP a mulher era cadastrada no rol de visitas ao preso desde maio do ano passado e realizava visitas regulares.
Na página que ela mantinha em rede social, Nicolly relatou que o marido era muito ciumento e havia brigas, mas que no final "tudo acaba em muito amor". Em outra postagem, ela declarou seu amor ao parceiro e disse que ficaria com ele até o fim. "Troquei as maquiagens pelas lágrimas, o salto pelo chinelo, a balada pelo trabalho, as viagens pela visita. Troquei minha vida pela sua. To (sic) com você até o fim."
Outro caso
Em Sarapuí, também no interior paulista, a diarista Cleonice de Oliveira Costa, de 41 anos, foi atropelada pelo ex-marido quando saía de casa para trabalhar, nesta segunda-feira, 28. Ao ver que ela ainda estava viva, o suspeito, Cristiano Mendes dos Anjos, desceu do carro e a golpeou com várias facadas. 
Em seguida, o homem foi para sua casa, no mesmo bairro, e tentou se matar, ferindo-se com a faca no abdômen. Ele foi levado para um hospital de Itapetininga e ficou sob escolta. Assim que receber alta, o homem será autuado por feminicídio. Conforme parentes da vítima, o ex não se conformava com a separação.

Fonte:Diário do Nordeste
Share:

Ótica San Vallentim

Ótica San Vallentim

Ótica San Vallentim
Mes de outubro com 50% na armação

RC CAFETERIA

RC CAFETERIA

RC FLORES

RC FLORES

RC ÓTICA

RC ÓTICA

Caninana - Então Leva Eu (Clipe Oficial)

Redes Socias

Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Players da Rádio Quixabeira FM

Escreva-se no nosso Site

Curta nossa Página do Facebook

As Mais Lidas do Site

TOTAL DE VISUALIZAÇÕES DO SITE

Ouça no Rádios Net