Violência contra mulheres e a fama do agressor: onde está nossa humanidade?

 

DJ Ivis
Legenda: Mesmo após virem à tona cenas de agressão contra mulher, DJ Ivis ampliou largamente seus seguidores nas redes sociais
Foto: Reprodução/Instagram

A segunda-feira chegou com imagens aterradoras de uma grave violência de gênero. Uma mulher sendo violentada dentro de casa na frente de sua filha, uma criança de apenas nove meses. O agressor era o então marido da vítima e pai da criança que presenciou a cena.

As cenas brutais viralizaram na internet ainda na noite de domingo. A comoção foi imediata e não havia como ser diferente. Passado o susto, descobre-se que o agressor é um DJ com certa fama. Paraibano, radicado aqui no Ceará, que trabalha com produção musical de artistas de repercussão nacional. 

A comoção foi imediata. De um lado, a vítima recebia toda a congratulação por sua força e coragem. Ela publicou as imagens em seu perfil pessoal de uma rede social, expondo sua intimidade para toda a comunidade da internet. E denunciou o agressor, solicitando ainda uma medida protetiva.

Sim, uma mulher forte e inspiradora que não se calou frente ao machismo estrutural que mata mulheres diariamente. 

Do outro, o agressor que, de imediato, já atacou a vítima. Publicou imagens descontextualizadas, tentado creditá-la como louca. Um dos clássicos mecanismos de silenciamento que o machismo utiliza. Além disso, acionou a Justiça, tentando impedi-la de falar publicamente sobre o assunto.

Ainda assim, o homem, conhecido como DJ Ivis, ampliou largamente seus seguidores nas redes sociais. Quando as imagens foram divulgadas, ele tinha 720 mil seguidores. Até esta quarta, eram 934 mil. O número superou 950 mil e depois iniciou um recuo.

A pergunta que me fiz e compartilho com vocês: o que faz as pessoas seguirem este homem? Que nível de adoecimento e embrutecimento nossa sociedade vive? Onde está nossa humanidade? Violência não gera o tal cancelamento?

Uma das hipóteses para esse aumento de seguidores seria o fato de as pessoas quererem acompanhar o desfecho. Mas é realmente necessário ouvir do agressor uma justificativa para ele ter batido em uma mulher, com o agravante de tê-lo feito na frente da filha deles? 

Cena de agressão de Dj Ivis contra Pamella Holanda
Legenda: Pamella Holanda foi agredida na frente da filha e da mãe
Foto: Reprodução

O mundo virtual nos pede cuidados. As redes sociais entendem que, quando seguimos uma personalidade, curtimos ou compartilhamos seu conteúdo, aquele perfil está gerando “engajamento”. Assim sendo, esses perfis ganham mais visibilidade. Ou seja, quando agimos assim estamos valorizando aquela pessoa. É realmente isso que queremos? 

Penso que não. Penso que precisamos – ao contrário do imediatismo que as redes sociais tenta nos impor – entender os processos e agir rumo a uma sociedade mais empática. O machismo é grave, e gera diversas violências. Nas imagens divulgadas, o agressor violenta a ex-esposa, a filha, a mãe da vítima e cada uma das mulheres que assistiu ao vídeo.

Não vamos dar palco ao machismo e à violência contra as mulheres, vamos construir um mundo mais justo, com uma rede de acolhimento tão necessária para que cheguemos à equidade de gênero.

*Esse texto reflete, exclusivamente, a opinião da autora.

Share:

Nenhum comentário:

Ouça a Rádio Quixabeira Ao vivo

Clique na Imagem e Ouça a Rádio Quixabeira

GOVERNO MUNICIPAL DE ASSARE

GOVERNO MUNICIPAL DE ASSARE
PREFEITO LIBÓRIO ASSINA PACTO PELO FORTALECIMENTO DAS POLÍTICAS DA ASSISTÊNCIA SOCIAL DO CEARÁ

ASSISISTÊNCIA SOCIAL DE ASSARE

ASSISISTÊNCIA SOCIAL DE ASSARE
Prefeitura de Assaré realiza distribuição de 612 cestas básicas às famílias em situação de vulnerabilidade social

JÉSSICA LEITE

JÉSSICA LEITE
ADVOCACIA & ASSESSORIA

BURGER KING

LOJA BARATEIRA

LOJA BARATEIRA
ASSARÉ E ANTONINA DO NORTE

IVAN FILTROS

IVAN FILTROS
9-9944.3348 / 9-9211.5887

CANINANA

CANINANA
conferida no nosso novo CD!!

OS MELHORES PRODUTOS PARA SUA CONSTRUÇÃO

MOB TELECOM

MOB TELECOM
TURBINE SUA CONEXÃO

RC ÓTICA EM ASSARÉ E TARRAFAS

RC ÓTICA EM ASSARÉ E TARRAFAS
16 Anos com Responsabilida e Qualidade Cuidando dos Seus Olhos.

Redes Socias

Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Players da Rádio Quixabeira FM

Curta nossa Página do Facebook

TOTAL DE VISUALIZAÇÕES DO SITE

Ouça no Rádios Net

Arquivo do blog