Veja histórico dos crimes e fugas de Lázaro Barbosa, segundo a polícia

 Escrito por , 

Descrito como "psicopata imprevisível", o homem de 32 anos já fugiu três vezes da cadeia e é acusado de homicídios e estupros

Legenda: O suspeito é procurado há uma semana pelas forças de segurança do DF e de Goiás
Foto: Divulgação/PCDF

Foragido há uma semana, quando virou suspeito de matar uma família em Ceilândia, no Distrito Federal, Lázaro Barbosa de Sousa, 32, acumula passagens por homicídio, estupro e três fugas de penitenciárias. O histórico criminal do homem apontado como "psicopata imprevisível" foi divulgado pelas secretarias da Segurança Pública do DF, Goiás e até da Bahia. 

Segundo as informações das Pastas, Lázaro foi capturado em 2007 sob acusação de um duplo homicídio no município Barra dos Mendes, na Bahia. Dez dias de ser preso, no entanto, ele fugiu e até hoje é tido como foragido pela polícia local.

Em 2009, o criminoso migrou para Brasília, onde ficou em reclusão no Complexo Penitenciário da Papuda (CPP). Os ilícitos atribuídos a ele era porte ilegal de arma de fogo, estupro e roubo.

O mesmo presídio emitiu em 2013 um laudo psicológico informando que Lázaro era um "psicopata imprevisível". O diagnóstico foi elaborado a partir da conduta agressiva e impulsiva, assim como pela instabilidade emocional e falta de controle e equilíbrio do preso.

No ano seguinte, em 2014, a Justiça autorizou a conversão da prisão de Lázaro para o regime semiaberto. Porém, em 2016, ele voltou a sumir do radar das forças de segurança.

Fora do sistema prisional do DF, o homem foi alcançado pela polícia de Águas Lindas de Goiás, em 2018, e novamente preso por porte ilegal de arma de fogo, homicídio qualificado, roubo e estupro. Em julho do mesmo ano, escapou da detenção.

CRIMES MAIS RECENTES

Já no último dia 8 de abril de 2020, a polícia de Goiás o indiciou por roubo mediante restrição da liberdade de quatro idosos e emprego de arma branca durante tentativa de latrocínio em uma chácara em Santo Antônio do Descoberto. Na ocasião, uma das vítimas chegou a ser atingida na cabeça com golpes de machado.

De volta ao Distrito Federal, Lázaro invadiu uma casa no dia 26 de abril no Sol Nascente. Ele levou uma mulher para um matal e a estuprou enquanto o marido e o filho dela ficaram trancados no quarto.

Em 17 de maio, ele esteve na mesma região e ameaçou populares com arma de fogo e faca. As vítimas foram obrigadas a ficarem peladas. Das 19h até meia-noite, o suspeito prendeu homens no quarto e as ordenou que as mulheres preparassem e servissem um jantar.

No dia 9 de junho, Lázaro invadiu uma chácara em Ceilândia e matou quatro pessoas de uma mesma família: os empresários Cleonice Marques de Andrade, 43, Cláudio Vidal, 48, e os filhos do casal Gustavo Marques Vidal, 21, e Eduardo Marques Vidal, 15.

Na quinta-feira (10), ele rendeu o caseiro de uma chácara e a filha dele próximo ao imóvel dos empresários. Ele ordenou que a mulher preparasse o almoço enquanto ele acompanhava um telejornal. No mesmo dia, voltou a entrar sem permissão em uma casa e fez três pessoas reféns. Duas delas foram obrigadas a fumar maconha.  

O homem fugiu em 12 de junho para Cocalzinho de Goiás, onde invadiu fazendas, disparou contra quatro pessoas e colocou fogo em uma residência. A polícia montou um cerco, mas ele fugiu. Em 13 de junho, o criminoso furtou um carro e o largou na BR-070. 

ÚLTIMA APARIÇÃO

Nessa terça-feira (15), o suspeito manteve refém uma família na fazenda Grota da Água do Valdo Silva, em Edilândia (GO), e pretendia fazer uma ritual macabro contra o pai, a mãe e a filha. "Como de costume, ele ia levar a família para a beira do rio, obrigar a tirar a roupa e matar a todos", comunicou o secretário da Segurança Pública, Rodney Rocha Miranda.

Contudo, a adolescente enviou mensagem a um policial pedindo ajuda ao escutar um barulho estranho na propriedade. "Socorro, o assassino Lázaro está aqui em casa".

Quando os agentes chegaram e viram o que estava acontecendo, houve um tiroteio, e o suspeito baleou um dos militares de Goiás no rosto, e raspão. O servidor público foi levado ao Hospital de Anápolis pelo helicóptero do Corpo de Bombeiros, e passa bem.

Ainda nessa terça-feira, Lázaro foi encontrado dormindo em uma fazenda na cidade de Cocalzinho. Câmeras de segurança o flagraram na propriedade. O suspeito vestia uma camiseta branca, bermuda e estava com um casaco e mochila nas costas.

Share:

Nenhum comentário:

Ouça a Rádio Quixabeira Ao vivo

Clique na Imagem e Ouça a Rádio Quixabeira

GOVERNO MUNICIPAL DE ASSARE

GOVERNO MUNICIPAL DE ASSARE
PREFEITO LIBÓRIO ASSINA PACTO PELO FORTALECIMENTO DAS POLÍTICAS DA ASSISTÊNCIA SOCIAL DO CEARÁ

ASSISISTÊNCIA SOCIAL DE ASSARE

ASSISISTÊNCIA SOCIAL DE ASSARE
Prefeitura de Assaré realiza distribuição de 612 cestas básicas às famílias em situação de vulnerabilidade social

JÉSSICA LEITE

JÉSSICA LEITE
ADVOCACIA & ASSESSORIA

BURGER KING

LOJA BARATEIRA

LOJA BARATEIRA
ASSARÉ E ANTONINA DO NORTE

IVAN FILTROS

IVAN FILTROS
9-9944.3348 / 9-9211.5887

CANINANA

CANINANA
conferida no nosso novo CD!!

OS MELHORES PRODUTOS PARA SUA CONSTRUÇÃO

MOB TELECOM

MOB TELECOM
TURBINE SUA CONEXÃO

RC ÓTICA EM ASSARÉ E TARRAFAS

RC ÓTICA EM ASSARÉ E TARRAFAS
16 Anos com Responsabilida e Qualidade Cuidando dos Seus Olhos.

Redes Socias

Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Players da Rádio Quixabeira FM

Curta nossa Página do Facebook

TOTAL DE VISUALIZAÇÕES DO SITE

Ouça no Rádios Net

Arquivo do blog