Motivos, perfil e objetivos para escolha no novo técnico do Fortaleza

 Escrito por , 

Juan Pablo Vojvoda aceitou a proposta do time cearense e chega após ser vice-campeão chileno

Legenda: Juan Pablo Vovjota é adepto de perfil ofensivo e posse de bola
Foto: Javier Torres / AFP

O argentino Juan Pablo Vojvoda foi o escolhido como novo técnico do Fortaleza. Após mais de uma semana de busca no mercado, a diretoria tricolor acertou com o comandante para a sequência de 2021. E o principal ponto no acordo foi o perfil: postura ofensiva, posse de bola e intensidade.

O treinador de 45 anos teve carreira como atleta e abandonou a faculdade de medicina devido à paixão pelo futebol, apesar do apelido de 'El Doctor'. Atual vice-campeão chileno com o Unión La Calera, não aceitou a renovação e ficou em busca de um próximo desafio.

Vovjota em comemoração
Legenda: Vojvoda tem estilo de jogo ofensivo e de posse de bola
Foto: Defensa y Justicia

A opção ocorre pelo conjunto de aspectos que Vojvoda pode oferecer ao Fortaleza. O técnico assistiu aos últimos jogos, destrinchou o elenco e já conhece a estrutura do novo clube: seja conhecendo o que terá para trabalhar.

É evidente que a escolha por um técnico não significa resultado imediato, são muitos fatores que envolvem o êxito. No entanto, o desejo de mudança de perfil significa também a ambição da gestão tricolor em apresentar um clube competitivo, com vocação na busca pela vitória. 

PRINCIPAIS PONTOS PARA ESCOLHA DE VOJVODA

  • Tem como prioridade o ataque, ser protagonista, intenso e agressivo
  • A recuperação da bola em todos os momentos, com todo o coletivo
  • Revelação de atletas das categorias de base
  • Rotina de treino intensa e exigência física do atleta para a titularidade
  • Estilo de liderança no grupo
  • Metodologia de trabalho próprio, com inspiração em Marcelo Bielsa
  • Adequação financeira para manter o equilíbrio financeiro
  • Aceitar a proposta como desafio pessoal
  • Histórico de grandes resultados com times de menor investimento, como nas classificações do Defensa Y Justicia para a Sul-Americana, além do Talleres e do Unión La Calera para a Libertadores.

Dentro da negociação, o próprio Vojvoda também traçou objetivos no Fortaleza. O técnico iniciou a trajetória à beira do gramado em 2013 e ficou conhecido no cenário sul-americano por times com DNA tático definido e grandes resultados, apesar de menor investimento.

“O que eu mais quero é ser simples quando eu repassar a mensagem para o jogador, porque o futebol é simples. Se eu tiver que me complicar, faça isso no escritório técnico”.
JUAN PABLO VOJVODA
Em declaração ao jornal argentino La Nación

Quando trabalhou no Defensa Y Justicia, por exemplo, o comandante e a família moravam dentro do Centro de Treinamento. A escolha foi definida para se aproximar da rotina de treinos e também trocar experiência com as demais comissões técnicas que tinham de usar o equipamento.

OBJETIVOS TRAÇADOS POR VOJVODA NO FORTALEZA

  • Elevar o nível do elenco
  • Conseguir uma ideia de jogo com a qual possa identificar o Fortaleza
  • Promover maior uso da base
  • Comprometer os atletas ao treinamento de maior intensidade
  • Inserir a filosofia de que todos devem preferir ganhar jogando bem do que ganhar jogando mal
  • Inserir a filosofia de que o êxito no futebol é somente buscar a vitória

ESTILO TÁTICO

As inspirações de Vojvoda são baseadas em dois treinadores: Tata Martino Bielsa. Os dois argentinos tiveram destaque internacional e conseguiram assumir também a Seleção da Argentina.

“Se juntar a metodologia de trabalho de Bielsa e a comunicação de Tata chegará ao êxito”.
JUAN PABLO VOJVODA
Em declaração ao jornal argentino La Nación

Assim, o técnico apresenta um perfil tático ousado e busca administrar o vestiário da melhor forma. Diante dos adversários, a proposta é se adequar aos pontos fracos do rival e também impor o padrão definido nos treinamentos.

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO MODO DE JOGO DE VOJVODA

  • Esquemas táticos preferidos: 4-3-3 | 4-2-3-1 | 3-5-2
  • Velocidade na transição ofensiva e defensiva
  • Marcação intensa em bloco alto
  • Defensores agressivos na recuperação da bola
  • Manutenção do ritmo durante o jogo com a posse
  • Atacantes com movimentação em organização ofensiva
  • Busca por vitória individual na briga de ocupação do campo

Na concepção história, o profissional será o 2º técnico estrangeiro no Fortaleza. Segundo o jornalista e historiador Luca Laprovitera, o pioneiro foi o argentino Dante Bianchi, em 1964. O treinador comandou o time por 20  jogos oficiais e quatro amistosos, sendo campeão do Torneio Início na época.

Share:

Nenhum comentário:

MIMOS MILU Loja virtual

MIMOS MILU         Loja virtual
FOFURAS E PAPELARIA (88) 9- 9783-0486

Ouça a Rádio Quixabeira Ao vivo

Clique na Imagem e Ouça a Rádio Quixabeira

MOBILIDADE URBANA

MOBILIDADE URBANA
DE SEXTA A DOMINGO EM JUAZEIRO

CANINANA

CANINANA
conferida no nosso novo CD!!

JOÃO PAULO FRETES E VIAGENS

JOÃO PAULO FRETES E VIAGENS
(88)99905.1070

OS MELHORES PRODUTOS PARA SUA CONSTRUÇÃO

MOB TELECOM

MOB TELECOM
TURBINE SUA CONEXÃO

ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA

ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA
ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA

RC ÓTICA EM ASSARÉ E TARRAFAS

RC ÓTICA EM ASSARÉ E TARRAFAS
16 Anos com Responsabilida e Qualidade Cuidando dos Seus Olhos.

APP MINHA MOB

Redes Socias

Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Players da Rádio Quixabeira FM

Curta nossa Página do Facebook

TOTAL DE VISUALIZAÇÕES DO SITE

Ouça no Rádios Net