Sindicato do Ceará recusa adesão à greve dos caminhoneiros

 Escrito por , 

Entidade alegou que vai seguir a posição da Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos, que optou pela manutenção das atividades

Legenda: Greve foi convocada para a próxima segunda-feira, 1º de fevereiro
Foto: Reinaldo Jorge

O Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens (Sindicam-CE) afirmou, nesta sexta-feira (29), que não irá aderir à paralisação convocada para a próxima segunda-feira, 1º de fevereiro. A entidade justificou que vai seguir o posicionamento da Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA), que optou por continuar as atividades. O aumento de 4,4% no preço do diesel, anunciado nesta semana pela Petrobras, está entre os motivos do indicativo de greve. 

"O Sindicam não tem o poder sindical de ir para a greve sem a autorização da CNTA devido às condições da pandemia”, justificou a secretária Joana Seixas. Segundo acrescentou, promover greves no atual contexto da pandemia pode trazer prejuízos sanitários e econômicos. “Isso leva à população a um risco e outra, nesse momento, os transportadores estão tendo mais ofertas de frete. Uma paralisação economicamente não seria viável. Se eles mandarem, a gente adere", frisou. 

Também consultadas pela reportagem do Diário do Nordeste, as demais entidades afirmaram que não vão participar da paralisação. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes de Mudanças, Bens e Cargas do Estado do Ceará (Sindicam-CE), José Tavares Filho, alegou que “não representamos os caminhoneiros autônomos".

O Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas e Logística do Estado do Ceará (Setcar-CE) informou que não concorda com o movimento. “É totalmente contra”, disse Espedito Junior, gerente da entidade. O representante ressaltou que as transportadoras “já estão adaptadas a fazer o abastecimento”, caso a greve aconteça. “Se o governo garantir acesso a liberação das estradas, as transportadoras vão fazer o abastecimento", pontuou.

A Associação Nacional de Transporte no Brasil (ANTB) foi procurada pela reportagem, mas até a publicação desta matéria não deu retorno.

Em nota pública, a Confederação Nacional do Transporte (CNT), comunicou que “não apoia nenhum tipo de paralisação de caminhoneiros e reafirma o compromisso do setor transportador com a sociedade”. O presidente Vander Costa assegurou que “se houver algum movimento dessa natureza, as transportadoras garantem o abastecimento do país, desde que seja garantida a segurança nas rodovias”. 

Fonte:Diário do Nordeste

Share:

Nenhum comentário:

Ouça a Rádio Quixabeira Ao vivo

Clique na Imagem e Ouça a Rádio Quixabeira

GOVERNO MUNICIPAL DE ASSARE ASSINA CONVENIO COM A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

GOVERNO MUNICIPAL DE ASSARE ASSINA CONVENIO COM A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Prefeito Libório assina convênio de quase 5 milhões de reais com a caixa Econônmica Federal para asfaltar diversas ruas de Assaré.

ASSISISTÊNCIA SOCIAL DE ASSARE

ASSISISTÊNCIA SOCIAL DE ASSARE
Valorização da primeira infância

JÉSSICA LEITE

JÉSSICA LEITE
ADVOCACIA & ASSESSORIA

LOJA BARATEIRA

LOJA BARATEIRA
ASSARÉ E ANTONINA DO NORTE

CANINANA

CANINANA
conferida no nosso novo CD!!

OS MELHORES PRODUTOS PARA SUA CONSTRUÇÃO

MOB TELECOM

MOB TELECOM
TURBINE SUA CONEXÃO

ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA

ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA
ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA

RC ÓTICA EM ASSARÉ E TARRAFAS

RC ÓTICA EM ASSARÉ E TARRAFAS
16 Anos com Responsabilida e Qualidade Cuidando dos Seus Olhos.

Redes Socias

Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Players da Rádio Quixabeira FM

Curta nossa Página do Facebook

TOTAL DE VISUALIZAÇÕES DO SITE

Ouça no Rádios Net

Arquivo do blog