Caixa vai abrir nove agências no Ceará; confira em quais cidades

 Escrito por , 

Além das 9 agências anunciadas no Ceará, o banco abrirá outras 27 unidades em toda a região Nordeste

Legenda: O movimento reforça o papel do banco público na estratégia do governo federal de reforçar a área social
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Como parte do seu plano de expansão em todo o País, a Caixa Econômica Federal vai abrir nove agências no interior do Ceará. Serão contempladas as cidades de Itarema, Amontada, Mombaça, Pedra Branca, Beberibe, Granja, Viçosa do Ceará, Aquiraz e Missão Velha, de acordo com o banco.

O movimento reforça o papel do banco público na estratégia do governo federal de reforçar a área social, de olho nas eleições de 2022. Além das 9 agências anunciadas no Ceará, a Caixa abrirá outras 27 unidades em toda a região Nordeste - sendo 16 só no Maranhão. Ao todo, o banco anunciou que vai inaugurar 75 agências em todo o Brasil.

No Norte, serão abertas 19 filiais. No Centro-Oeste, serão abertas 10 unidades. Haverá outras sete no Sudeste e duas no Sul. Do total, 20 filiais serão especializadas em agronegócio.

A medida foi anunciada na última sexta-feira (29) pela estatal em comunicado, mas já havia sido antecipada na quinta-feira durante live do presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais pelo presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

'Ate o fim do semestre'

Na ocasião, Bolsonaro elogiou o plano. "Em cidades acima de 40 mil habitantes que, porventura ainda não tenham agência da Caixa, a partir de agora até o final desse semestre, a Caixa terá uma agência em cada um desses municípios", disse o presidente.

O plano de expansão vai na contramão do movimento do Banco do Brasil, que há duas semanas anunciou o encerramento de 361 filiais e caminha cada vez mais para não ser visto como um banco público.

Fonte:Dário do Nordeste

Share:

Informamos que hoje houve o encerramento da operação do açude Canoas e, por conseguinte, o fechamento da válvula.

 Informamos que hoje houve o encerramento da operação do açude Canoas e, por conseguinte, o fechamento da válvula.


Uma operação que contou muito com a parceria da Cogerh com essa comissão gestora e outras lideranças de Assaré.


Quixabeira do Assare

Share:

Entre lágrimas e tristeza, Assaré se despede de Dr. Ernandes Farias

 Entre lágrimas e tristeza, Assaré se despede de Dr. Ernandes Farias

Saído dos bancos universitários no ano anterior, o médico Ernandes Farias, pisou em terras assarenses em 1972, para viver a sua primeira experiência profissional distante do solo pernambucano. Trazia consigo esperanças e incertezas. Conhecia o Assaré somente no mapa, o que não lhe oferecia elementos substanciosos  sobre os habitantes daquela longínqua cidade, no Cariri cearense. No entanto, ao pisar na terra do Patativa, além de ser bem acolhido, sentiu dentro de si, que este seria o seu lugar para uma grande jornada. E assim se confirmou. Dr. Ernandes adotou o Assaré como a sua terra prometida, assim como o Município o adotou carinhosamente como filho. Foram quase 50 anos dedicados ao alívio da dor e a cura dos enfermos.  Hoje, pode-se afirmar  que o Assaré foi sorteado e iluminado diante da decisão de dois jovens médicos, Dr. Ernandes e Dr. Laércio,  optarem por uma terra sem estradas asfaltadas, sem comunicação e sem água de qualidade, quando tiveram toda oportunidade para permanecerem na capital pernambucana. Nem mesmo as propostas oferecidas pelo  Crato e o Juazeiro lhes foram atraentes.  Nada disso: aqui ficaram, trabalharam, ousaram e casaram. Então, diante deste meio século de intensa atividade, só temos que agradecer ao Dr. Ernandes, neste momento em que ele nos deixa verdadeiramente tristes. Que o Céu o acolha diante do seu exemplo de vida voltado à produção do bem. E pedimos a Deus que  lhe conceda um lugar junto aqueles que partiram deixando uma história de generosidade, caridade e amor ao seu próximo.  Queremos também, pedir ao Criador consolação para os seus entes queridos, como a sua esposa, a filha e os filhos.  Que Deus o guarde na sua glória.  

        Cícero Ferreira Lima 

Diretor da TV Quixabeira do Assaré. 

Share:


 

Share:

Dados da Funceme Mais de 20 municípios do Cariri registraram chuva na última semana de janeiro; confira os índices

 Dados da Funceme

Mais de 20 municípios do Cariri registraram chuva na última semana de janeiro; confira os índices


Em 30/01/2021 
Pelo menos 24 municípios caririenses registraram chuva entre a última segunda (25) e a última sexta-feira (29). As maiores precipitações ocorreram em Missão Velha (57 mm), Barro (55.2), Lavras da Mangabeira (55 mm), Caririaçu (50 mm) e Assaré (47.1)

A partir da próxima segunda-feira (1º) o Ceará ingressa na quadra chuvosa, período que acontece entre fevereiro e maio e concentra as maiores chuvas do Estado.

Confira os índices divulgados até o momento pela Funceme*:

SEGUNDA-FEIRA (25)
Lavras da Mangabeira – 0.7 milímetro;

TERÇA-FEIRA (26)
Lavras da Mangabeira – 21 milímetros;
Aurora – 8 milímetros;
Granjeiro – 7.1 milímetros;
Barro – 3 milímetros;
Várzea Alegre – 3 milímetros;

QUARTA-FEIRA (27)
Lavras da Mangabeira – 4.3 milímetros;
Aurora – 4.2 milíemtros;
Barro – 4 milímetros;
Várzea Alegre – 1 milímetro;

QUINTA-FEIRA (28)
Lavras da Mangabeira – 55 milímetros;
Caririaçu – 50 milímetros;
Juazeiro do Norte – 38 milímetros;
Várzea Alegre – 27 milímetros;
Granjeiro – 16.2 milímetros;
Altaneira – 14 milímetros;
Farias Brito – 12 milímetros;
Antonina do Norte – 11.6 milímetros;
Missão Velha – 11.5 milímetros;
Barro – 6.8 milímetros;
Altaneira – 6 milímetros;
Crato – 5 milímetros;
Nova Olinda – 4 milímetros;
Aurora – 3.3 milímetros;
Milagres – 2.9 milímetros;

SEXTA-FEIRA (29)
Missão Velha – 57 milímetros;
Barro – 55.2 milímetros;
Assaré – 47.1 milímetros;
Antonina do Norte – 23.8 milímetros;
Porteiras – 23 milímetros;
Granjeiro – 21.2 milímetros;
Barbalha – 18 milímetros;
Milagres – 18 milímetros;
Jati – 14 milímetros;
Mauriti – 12.8 milímetros;
Brejo Santo – 12.2 milímetros;
Aurora – 9.2 milímetros;
Juazeiro do Norte – 8.5 milímetros;
Potengi – 7 milímetros;
Farias Brito – 6.0 milímetros;
Penaforte – 5.1 milímetros;
Santana do Cariri – 3 milímetros;
Várzea Alegre – 2.2 milímetros;
Campos Sales – 1 milímetro;

*De acordo com o órgão, os valores relativos ainda são “preliminares” e “são atualizados à medida que os dados são repassados”.

Por Sarah Gomes
Miséria.com.br

Share:

Cearenses treinarão profissionais de saúde em Manaus para uso do Elmo; 65 capacetes foram doados

 Escrito por , 

As instrutoras cearenses chegarão em Manaus neste domingo (31) e o treinamento inicia na segunda-feira (1º). Segundo a Sesa, 65 capacetes Elmo já estão na capital amazonense.

Legenda: 65 unidades do capacete de respiração assistida foram doados, através da Sesa, para Manaus.
Foto: Kid Júnior

Uma enfermeira e duas fisioterapeutas cearenses vão embarcar para Manaus, neste domingo (31), com o objetivo de treinar os profissionais da saúde da capital amazonense sobre o uso do capacete Elmo em pacientes com insuficiência respiratória devido à Covid-19. O equipamento é um mecanismo respiratório não invasivo que pode reduzir em 60% a necessidade de intubação e internação em leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Ao todo, 65 capacetes foram doados pela Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa) e já estão em Manaus

A Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE), associada à Sesa, será responsável pelo treinamento. Já na cidade manauara,  a Secretaria Municipal da Saúde de Manaus é a responsável pelo transporte, hospedagem e logística das capacitações.

De acordo com o superintendente da ESP/CE, Marcelo Alcantara, a ação é em solidariedade ao que Manaus está enfrentando diante do colapso na saúde decorrente da Covid-19. “É uma atitude de apoio entre os governos nessa situação difícil na qual estão passando. Essa é apenas uma das ações. Por agora, a gente está viabilizando as doações de Elmo e a capacitação dos profissionais de lá [Manaus]”, coloca. 

Treinamento 

As profissionais cearenses já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e devem permanecer cinco dias em Manaus para a instrução de pelo menos 30 profissionais da linha de frente da Covid-19 selecionados pela própria Secretaria da Saúde da capital do Amazonas. Dentre os profissionais cotados para serem instruídos estão médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e engenheiros clínicos dos principais hospitais públicos locais que recebem pacientes com a doença. 

Já o treinamento em si será realizado em um local fora do ambiente hospitalar e é requisito para que o Elmo integre o tratamento da infecção em unidades de saúde. “O treinamento vai acontecer conforme o que já é realizado aqui na ESP/CE, desde dezembro: apresentação do conteúdo teórico, o que é, como funciona, além do treinamento com simulação prática e como se usa”, coloca o superintendente Marcelo.

A enfermeira e mestre em saúde pública cearense Rebeca Bandeira é uma das instrutoras na missão em Manaus. Rebeca detalha que o treinamento deve acontecer em dois turnos durante o dia, com cerca de três a quatro horas de duração cada.  “Começaremos na segunda-feira (1º) até a sexta-feira (5).  Em cada turno, buscaremos instruir três profissionais”.

“Como enfermeira e profissional de saúde, eu me sinto muito honrada em fazer parte dessa missão. A gente espera, com esse treinamento, reverter o desfecho clínico de muitos pacientes de Covid que evoluem negativamente de uma forma muito rápida”, pontua Rebeca.

Elmo

Idealizado em abril de 2020, o capacete Elmo, equipamento de respiração assistida, pode evitar a intubação de pacientes com Covid-19. O Elmo oferece oxigênio a pacientes com quadro clínico moderado e grave, o que melhora a capacidade respiratória e evita a intubação por não ser um mecanismo invasivo, como os ventiladores mecânicos. A cúpula transparente, por onde entram os tubos, é fixada no pescoço, distribui fluxo de gás contínuo para oxigenar o sangue e expandir o pulmão.

O projeto Elmo foi idealizado e desenvolvido pelo Governo do Ceará, por meio da Sesa, ESP/CE e Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/Ceará), Universidade Federal do Ceará (UFC) e Universidade de Fortaleza (Unifor), com o apoio do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH) e Esmaltec.

Fonte: Sesa • | Diário do Nordeste

Share:

Cabine de rádio da Arena Castelão pega fogo na manhã deste sábado (30); veja imagens

 Escrito por , 

Duas equipes do Corpo de Bombeiros estão no local tentando conter as chamas

Legenda: Incêndio iniciou na cabine de rádio da Arena Castelão, segundo o Corpo de Bombeiros
Foto: VC Repórter

Uma cabine de rádio da Arena Castelão, em Fortaleza, pegou fogo na manhã deste sábado (30), segundo informações confirmadas pelo Tenente Dutra, do Corpo de Bombeiros. Duas guarnições das companhias dos bairros José Walter e Messejana estão no local tentando debelar as chamas. A causa do incêndio está sendo apurada pelos agentes. Não há feridos. 

>> ASSISTA: Vídeo mostra correria de funcionários durante incêndio na Arena Castelão

>> Veja galeria de fotos do incêndio

Veja vídeo do local:

Ainda conforme o Tenente Dutra, o incêndio foi relatado à Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) por volta de 10h12, tendo os bombeiros sido acionados um minuto depois da ligação telefônica. 

“Neste momento, às 11h05, encontram-se no local, três guarnições de combate a incêndio, uma guarnição de busca e salvamento, uma guarnição de atendimento pré-hospitalar, um tanque caminhão-pipa e a escada magirus, além do coordenador de operações”, detalhou Dutra. 

Às 11h32, "as guarnições no local confinaram o fogo", o que impede que as chamas passem para outros setores da Arena Castelão. "O fogo sem acesso, agora está sendo telhado, mas o vento a 24 km/hora dificulta", revelou o tenente ao Diário do Nordeste. 

Três equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também acompanham a ocorrência, mas não há  feridos. O diretor do Samu Fortaleza, Frederico Arnaud, comunicou à reportagem que os profissionais de saúde estão "avaliando riscos", isto é, "vendo se há vítimas, alguma gravidade maior e perigo de expansão". 

"Me parece que não houve vítimas. Alguns funcionários que tentaram tomar alguma atitude inicialmente, podem ter inalado fumaça, mas não há ninguém grave. Dois carros foram deslocados e um ficou em observação”, afirmou Arnaud. 

teto do Castelão
Legenda: Parte do teto da Arena Castelão foi tomado pelo fogo
Foto: Corpo de Bombeiros

A avenida Alberto Craveiro chegou a ser bloqueada para o trabalho dos Bombeiros, mas o trânsito já foi liberado.

castelão
Legenda: Bombeiros atuam no combate às chamas
Foto: Fabiane de Paula

Vídeos enviados ao Diário do Nordeste mostram uma cortina de fumaça no local.

Jogo previsto

O Castelão é sede, na tarde deste sábado, da primeira partida da final da Série D do Campeonato Brasileiro. O Floresta recebe, às 16h, o Mirassol. Ainda não há informações sobre cancelamento da partida.

incêndio castelão
Legenda: Ocorrência formou uma cortina de fumaça no local
Foto: VC Repórter

Início das chamas

Um funcionário do equipamento, que trabalha no setor de publicidade em dias de jogos, informou que o fogo começou após um curto-circuito. "Foi muito rápido, pegou fogo e a vidraça começou a cair. Os meninos que estavam com a gente inalaram muita fumaça", lamentou Junior Lima. 

O cinegrafista Carlos Rogério Dias estava montando o equipamento de filmagem quando percebeu o problema. "Senti o cheiro de plástico queimado e até comentei com os colegas. Quando virei e olhei para cima estava queimando na parte de cima", relata.

O profissional decidiu, então, correr para salvar as câmeras e tentar controlar as chamas. "Pegamos todos os extintores disponíveis e saímos acionando. O incêndio é de grandes proporções", considera, complementando que não houve feridos.   

incêndio castelão
Legenda: Fumaça tomou parte da lateral da Arena
Foto: VC Repórter
Share:

Prefeito Libório Leite honra compromisso com servidores e paga salários dentro do mês*

 *Prefeito Libório Leite honra compromisso com servidores e paga salários dentro do mês*

A Prefeitura Municipal do Assaré através da secretaria de administração anuncia para este sábado (30) a liberação da folha salarial dos servidores municipais, referente ao mês de janeiro, ao todo serão injetados R$ 1.450.000 (um milhão quatro centos e cinquenta mil) na folha de pagamento do mês de janeiro.

Com isso o prefeito Libório Leite e seu secretario de administração José Flavio Onofre e tesoureiro Francisco Rogério Alencar, mostrou que é possível ter uma gestão organizada, mesmo em tempos de baixa arrecadação devido aos efeitos da pandemia do novo coronavírus.

O prefeito também anunciou para este sábado (30) o pagamento dos salários para todos os efetivos atrasados no mês de dezembro de 2020 ainda na gestão passada somando um montante no valor de R$ 501.011,80 (quinhentos e um mil e onze reais e oitenta centavos). 

Foco do Governo Municipal do Assaré pagar aos funcionários públicos seu salário dentro do mês proporcionando assim um melhor planejamento do mesmo em relação as suas finanças.  

O prefeito Libório Leite destaca que, mesmo em meio à crise que assola os municípios, sua gestão se mantém focada em iniciativas que garantam o equilíbrio econômico e financeiro do município.

"Vamos cumprir com as nossas obrigações junto aos servidores e mesmo em tempos de pandemia o salário de nossos servidores será pago dentro do mês” finalizou o Prefeito.


*Governo Municipal - Assaré/CE*

Share:

Sindicato do Ceará recusa adesão à greve dos caminhoneiros

 Escrito por , 

Entidade alegou que vai seguir a posição da Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos, que optou pela manutenção das atividades

Legenda: Greve foi convocada para a próxima segunda-feira, 1º de fevereiro
Foto: Reinaldo Jorge

O Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens (Sindicam-CE) afirmou, nesta sexta-feira (29), que não irá aderir à paralisação convocada para a próxima segunda-feira, 1º de fevereiro. A entidade justificou que vai seguir o posicionamento da Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA), que optou por continuar as atividades. O aumento de 4,4% no preço do diesel, anunciado nesta semana pela Petrobras, está entre os motivos do indicativo de greve. 

"O Sindicam não tem o poder sindical de ir para a greve sem a autorização da CNTA devido às condições da pandemia”, justificou a secretária Joana Seixas. Segundo acrescentou, promover greves no atual contexto da pandemia pode trazer prejuízos sanitários e econômicos. “Isso leva à população a um risco e outra, nesse momento, os transportadores estão tendo mais ofertas de frete. Uma paralisação economicamente não seria viável. Se eles mandarem, a gente adere", frisou. 

Também consultadas pela reportagem do Diário do Nordeste, as demais entidades afirmaram que não vão participar da paralisação. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes de Mudanças, Bens e Cargas do Estado do Ceará (Sindicam-CE), José Tavares Filho, alegou que “não representamos os caminhoneiros autônomos".

O Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas e Logística do Estado do Ceará (Setcar-CE) informou que não concorda com o movimento. “É totalmente contra”, disse Espedito Junior, gerente da entidade. O representante ressaltou que as transportadoras “já estão adaptadas a fazer o abastecimento”, caso a greve aconteça. “Se o governo garantir acesso a liberação das estradas, as transportadoras vão fazer o abastecimento", pontuou.

A Associação Nacional de Transporte no Brasil (ANTB) foi procurada pela reportagem, mas até a publicação desta matéria não deu retorno.

Em nota pública, a Confederação Nacional do Transporte (CNT), comunicou que “não apoia nenhum tipo de paralisação de caminhoneiros e reafirma o compromisso do setor transportador com a sociedade”. O presidente Vander Costa assegurou que “se houver algum movimento dessa natureza, as transportadoras garantem o abastecimento do país, desde que seja garantida a segurança nas rodovias”. 

Fonte:Diário do Nordeste

Share:

Governadores vão comprar CoronaVac caso Ministério se omita, diz presidente do Consórcio Nordeste

 Escrito por , 

"Não sendo possível pelo Ministério da Saúde, a compra (da CoronaVac) será através dos estados", afirmou Dias após ligar para governadores do País

Legenda: Vacina da CoronaVac foi a primeira usada na vacinação contra a Covid-19 no Brasil
Foto: AFP

Após o Governo de São Paulo cogitar negociar vacinas da CoronaVac produzidas pelo Instituto Butantan com países vizinhos, caso o Ministério da Saúde não feche a aquisição de outras 54 milhões doses previstas em adendo de contrato; o presidente do Consórcio Nordeste e coordenador do tema da vacina no Fórum Nacional de Governadores, Wellington Dias (PT-PI), disse que os chefes dos Executivos Estaduais irão comprar os imunizantes se for necessário.  

"Essa vacina, nós vamos querer para o Brasil. Em primeiro lugar, queremos a compra pelo Ministério (da Saúde). Não sendo possível pelo Ministério da Saúde, a compra será através dos estados", afirmou Dias, que também é governador do Piauí, após ligar para vários chefes do Executivo do Brasil para tratar sobre o assunto. 

No entanto, ele não deu detalhes sobre a possibilidade da compra, como prazos para se reunir com o Butantan e quanto devem custar os 54 milhões de doses da CoronaVac. 

Governador do Piauí, Wellington Dias, fala sobre compra da Coronavac
Legenda: Dias não deu detalhes sobre a possibilidade da compra da Coronavac, como prazos para se reunir com o Butantan e quanto deve custar as 54 milhões de doses
Foto: Reprodução

Na tarde desta quinta-feira (28), o governador João Doria publicou em rede social que, determinou que o Butantan forneça as doses adicionais da CoronaVac "prioritariamente aos estados e municípios do Brasil". O País tem pressa em salvar vidas. E nós em vacinarmos os brasileiros", escreveu.

Cobrança por vacina no Ceará

Nesta quinta-feira (28), o deputado estadual cearense Heitor Férrer (SD) repercutiu a polêmica. Ele solicitou ao governador Camilo Santana (PT) que garanta as vacinas para o Ceará diante dos impasses. 

Ainda na noite desta quinta, o governador Camilo Santana informou que voltou a manifestar interesse em adquirir mais doses da vacina ao Instituto Butantan. A declaração foi dada via rede social.

"O Governador de São Paulo ameaçar exportar 50 milhões de doses da CoronaVac se o Ministério da Saúde não se pronunciar sobre a compra. Agora ele (João Doria) diz que, se os governadores quiserem, ele vende aos estados. Portanto, Camilo Santana, não deixe de comprar essas doses para o Ceará”, pede, em vídeo nas redes sociais.  

Polêmica com Ministério da Saúde

A polêmica sobre os 54 milhões de doses da CoronaVac a serem produzidas pelo Butantan começou na quarta-feira (27), após o diretor do Instituto, Dimas Covas, informar que aguarda até final desta semana uma resposta do Ministério da Saúde sobre a aquisição dos imunizantes, tendo em vista que também negocia com países vizinhos. Nesta quinta, inclusive, ele reforçou a cobrança e disse que poderia pactuar os imunobiológicos com os estados. 

A Pasta assinou um contrato com o Instituto para que inicialmente fossem produzidas 46 milhões de doses para o Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19 até abril. No entanto, o acordo permite um adicional de 54 milhões de doses para totalizar 100 milhões a serem entregues neste ano.  

Contágio no Carnaval 

Wellington Dias destacou, ainda, que os governadores do Nordeste estão adotando medidas para frear o contágio do novo coronavírus no período de Carnaval.

"Invariavelmente, em diferentes regiões de saúde de cada estados, tivemos crescimento na transmissibilidade, ocupação de leitos. Então, nós já suspendemos o ponto facultativo nesse feriado, estamos com barreiras em aeroportos", frisou o governador. 

Fnte:Diário do Nordeste

Share:

Ceará é o segundo estado do País que mais mata travestis e transexuais

 Escrito por , 

Dossiê revela que o Estado registrou 22 assassinatos contra trans e travestis, em 2020, atrás apenas de São Paulo. Volume local é 100% maior que os 11 casos de 2019

Legenda: Mensagens de artista cearense, no ano passado, questionaram a memória travesti em outdoors em ruas de Fortaleza
Foto: Kid Junior


A mesma população que clama por respeito, dignidade e empatia neste Dia da Visibilidade Trans, sobretudo, vira estatística policial em uma escalada de violência brutal e em ascensão no Ceará. Em 2020, 22 pessoas trans foram assassinadas no Estado, o que representa um salto de 100% em relação aos 11 casos anotados em 2019. O levantamento é da Associação Nacional de Travestis e Transexuais do Brasil (Antra), divulgado nesta sexta-feira (29). 

O perfil das vítimas cearenses não consta no dossiê, mas, em linhas gerais, o mapeamento nacional mostra que dos 175 casos do País, 78% eram travestis/mulheres trans negras pretas; 72% atuavam como profissionais do sexo; 72% não conheciam os suspeitos; 56% tinham entre 15 e 29 anos e 47% mortas a tiros. 

Ainda do volume total de homicídios, 71% aconteceram em espaços públicos, como vias, ruas, bares, terrenos baldios, parques e praias. Em agosto do ano passado, por exemplo, no Ceará, pelo menos quatro trans foram assassinados nesses locais, segundo apuração do Diário do Nordeste. O último caso do ano, registrado no dia 13 de dezembro, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, vitimou uma travesti conhecida como "Duda", de 29 anos, morta a facadas no bairro Jurema. 

Casos

Entre os crimes, no dia 3 daquele mês, uma travesti sem identificação foi executada com golpes de faca, na Rua Pedro Cardoso Uchôa, próximo ao Rio Maranguapinho, no bairro Bonsucesso, em Fortaleza. Já no dia 19, Daniele Rodrigues, 21, foi encontrada morta a tiros de arma de fogo em um matagal, no bairro Venâncio, próximo ao cacimbão da Vila José Rosa, em Crateús. 

Quando comparado aos crimes contabilizados em 2018, quando 13 pessoas trans morreram no Ceará, o número de 2020 é 69,2% maior, e em 2017, com 16 ocorrências, o acréscimo foi de 37,5%. Há quatro anos, inclusive, o Ceará foi o "estado que mais matou travestis e transexuais no Brasil", destaca o documento. Dandara dos Santos, 42, torturada, apedrejada e assassinada a tiros, no dia 15 de fevereiro de 2017, no Bom Jardim, teve o crime filmado e divulgado nas redes sociais.

Conforme o estudo da Antra, o Ceará ficou atrás apenas de São Paulo, que em dados absolutos teve 29 assassinatos. Na sequência aparecem Bahia (19); Minas Gerais (17); Rio de Janeiro (10); Alagoas (8); Pernambuco e Rio Grande do Norte, com sete; Paraíba, Paraná e Rio Grande do Sul, (5); Goiás, Mato Grosso, Pará, Santa Catarina (4); Amazonas, Espírito Santo, Maranhão, Rondônia (3); Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Piauí, Sergipe (2); Acre, Roraima e Tocantins (1). Apenas o Amapá não tabulou casos.

Criminalização

Apesar de em maio de 2019, o Supremo Tribunal Federal (STF) ter enquadrado homofobia e transfobia como crimes, o Antra considera ainda que a não existência de delegacias específicas para o atendimento dessa população dificulta a investigação e punição dos suspeitos.   

"Os assassinatos de pessoas trans continuam aumentando pela falta de ações do Estado, que não implementou nenhuma medida de proteção à população LGBTI+, mesmo depois da decisão do STF que reconheceu a LGBTIfobia como uma forma do crime de racismo", lamenta Bruna Benevides, secretária de Articulação Política da Antra. 

O Ceará não possui equipamentos direcionados, mas afirmou à Associação que as "Delegacias Especializadas" estão aptas a atender mulheres e travestis, e disse também que "realiza levantamentos para analisar a possibilidade de implementar uma delegacia especializada para atender o público LGBTI".

Fonte:Diário do Nordeste

Share:

Ordem de serviço Universidade Federal do Cariri vai construir clínica escola da Faculdade de Medicina

 Ordem de serviço

Universidade Federal do Cariri vai construir clínica escola da Faculdade de Medicina

Universidade Federal do Cariri (Arquivo/UFCA)
Em 29/01/2021 às 09:15
A Universidade Federal do Cariri (UFCA) assinará, nesta sexta-feira, 29 de janeiro de 2021, ordem de serviço (OS) para construção da clínica escola da Faculdade de Medicina (Famed), localizada em Barbalha. A previsão é que a obra seja concluída no prazo de 16 meses.

Com a assinatura da ordem de serviço, a empresa vencedora da licitação está autorizada a iniciar os trabalhos e o prazo de conclusão começa a correr.

A obra foi projetada e licitada pela Diretoria de Infraestrutura (Dinfra) da UFCA. A execução será da empresa vencedora da licitação, a Pollux Construções LTDA, com valor final de R$ 5.601.341,94.

O prédio que futuramente abrigará a clínica escola terá dois pavimentos. No térreo, o espaço contará com recepção, sala de espera, ambulatórios, sala de coleta, espaço para curativos e suturas, espaço para esterilização, sala de reuniões e banheiros.

No primeiro andar, haverá espaço para salas de professores, sala de reunião, salas de aula, copa e banheiro. Todo o projeto já prevê a construção de rampas e banheiros acessíveis para pessoas com deficiência e/ou com mobilidade reduzida.

O contrato prevê ainda a urbanização do novo espaço, com calçadas, vias e jardinagem. Inclui também reforma no prédio existente do campus de Barbalha para correções no sistema de combate a incêndio e de acessibilidade.

De acordo com o diretor de Infraestrutura (Dinfra/UFCA), André Freitas, atualmente a Faculdade de Medicina não conta com um local exclusivo para a clínica escola, existe apenas o ambulatório.

O novo prédio será, portanto, um ganho não só para a comunidade acadêmica, mas para a população da região do Cariri que recebe atendimento no local e agora terá um espaço mais amplo.

Por João Boaventura Neto
Miséria.com.br
Share:

Imunização Duas cidades do Ceará já têm mais pessoas vacinadas contra Covid do que casos confirmados da doença

 Imunização

Duas cidades do Ceará já têm mais pessoas vacinadas contra Covid do que casos confirmados da doença

A velocidade da vacinação é fundamental para garantir melhor desempenho da estratégia de combate ao vírus (José Leomar/SVM)
Em 29/01/2021 às 06:30
Ainda é o começo e a quantidade de doses disponíveis de vacinas contra a Covid-19 no Brasil é baixa, portanto, o número de vacinados é pequeno. Além disso, mesmo com o início da imunização não se pode abrir mão das medidas sanitárias, como o uso da máscara e a manutenção do distanciamento social. No Ceará, dados da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) apontam que das 184 cidades, ao menos duas, até as 12h, desta quinta-feira (28), já têm mais pessoas vacinadas contra a Covid do que casos confirmados de infecção pela doença, até o momento.

A velocidade da vacinação é fundamental para o êxito dessa estratégia de combate à pandemia. No município de Poranga, onde há cerca de 12 mil moradores, conforme dados do vacinômetro da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), já foram aplicadas, 475 doses, das 917 recebidas. Na cidade, de acordo com o IntegraSus, plataforma da Sesa, desde o início da pandemia, 260 pessoas foram infectadas pela doença.

Outro cidade cearense cujo saldo de vacinados supera o de registro de casos é Monsenhor Tabosa. Com cerca de 17 mil habitantes, o município, assim como Poranga, está localizado na Região do Sertão dos Crateús.

Em Monsenhor Tabosa, são 881 casos confirmados de Covid e 961 pessoas já receberam a primeira dose da imunização contra a doença. Destas, segundo dados do vacinômetro, foram imunizados: 117 trabalhadores da saúde, 822 indígenas e 22 idosos com mais de 75 anos.

Número de casos: é preciso manter os cuidados

No Ceará, dados da Sesa, indicam que das 223.450 doses que começaram a ser distribuídas, desde o dia 18 de janeiro, nos 184 municípios, 68.738 foram aplicadas. Isto equivale a 30,8% do total. No Estado, já são mais de 369 mil casos da doença e 10 mil mortes.

Poranga desde quarta-feira (27) tem mais pessoas vacinadas do que o registro total de casos de Covid. No município, 83 trabalhadores da saúde e 392 indígenas já receberam a primeira dose do imunizante. Conforme a secretária de saúde, Raimundinha Marinho, dentre os profissionais da saúde, estão aqueles que trabalham na linha de frente de combate à doença no Hospital Municipal e nos postos de saúde.

Em relação aos casos de Covid, Raimundinha destaca “Os casos continuam. É uma cidade pequena do interior e nas últimas duas semana, tivemos 7 casos em cada uma. É preciso que a população tenha consciência. Temos dificuldades muito grandes no comércio, bares. Mas tentamos fazer o o trabalho”.

Na cidade, há apenas 2 leitos exclusivos para tratamento da doença. Episódios de maior gravidade, que demanda leitos, de UTI, por exemplo, têm que seguir para o município de Crateús, relata ela.

Vacinação da população indígena

Nos dois municípios, está em curso a vacinação da população indígena e ela têm peso expressivo na conta da quantidade de pessoas imunizadas. No Ceará, outras 14 cidades também estão, segundo dados repassados à Sesa, vacinando este público, no momento.

Conforme o presidente do Conselho Distrital de Saúde Indígena no Ceará e técnico de enfermagem, Neto Witko Pitaguary, até agora, 5. 384 pessoas indígenas, o equivalente a 26,35% do total desta população foi vacinada no Estado. Quem realização a imunização são as equipes multidisciplinar de saúde indígena em articulação com as unidades da atenção básica, ligadas às cidades.

Neto, explica que, no momento, as equipes estão imunizando os profissionais de saúde indígena , os indígenas idosos acamados e os indígenas acima de 55 anos. A partir de segunda-feira (1º) a projeção é que tenha início a imunização de indígenas acima de 30 anos.

Fonte: Diário do Nordeste
Share:

Ouça a Rádio Quixabeira Ao vivo

Clique na Imagem e Ouça a Rádio Quixabeira

GOVERNO MUNICIPAL DE ASSARE ASSINA CONVENIO COM A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

GOVERNO MUNICIPAL DE ASSARE ASSINA CONVENIO COM A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Prefeito Libório assina convênio de quase 5 milhões de reais com a caixa Econônmica Federal para asfaltar diversas ruas de Assaré.

ASSISISTÊNCIA SOCIAL DE ASSARE

ASSISISTÊNCIA SOCIAL DE ASSARE
Valorização da primeira infância

JÉSSICA LEITE

JÉSSICA LEITE
ADVOCACIA & ASSESSORIA

LOJA BARATEIRA

LOJA BARATEIRA
ASSARÉ E ANTONINA DO NORTE

CANINANA

CANINANA
conferida no nosso novo CD!!

OS MELHORES PRODUTOS PARA SUA CONSTRUÇÃO

MOB TELECOM

MOB TELECOM
TURBINE SUA CONEXÃO

ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA

ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA
ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA

RC ÓTICA EM ASSARÉ E TARRAFAS

RC ÓTICA EM ASSARÉ E TARRAFAS
16 Anos com Responsabilida e Qualidade Cuidando dos Seus Olhos.

Redes Socias

Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Players da Rádio Quixabeira FM

Curta nossa Página do Facebook

TOTAL DE VISUALIZAÇÕES DO SITE

Ouça no Rádios Net

Arquivo do blog