Deputados votam pela suspensão de André Fernandes por 30 dias

  

Fernandes voltou a pedir desculpas ao deputado Nezinho Farias

Legenda: O deputado André Fernandes foi julgado por quebra de decoro
Foto: José Leomar

A Assembleia Legislativa aprovou, nesta quinta-feira (20), a suspensão por 30 dias do mandato do deputado estadual André Fernandes (Republicanos) por quebra de decoro parlamentar, após ele acusar, sem provas, o colega Nezinho Farias (PDT) de integrar facção criminosa. A votação se encerrou com 29 votos pela suspensão e 11 pela não suspensão. Foram três abstenções.

O processo foi aberto em julho de 2019, no Conselho de Ética, quando Fernandes fez a denúncia, e estava pronto para ser votado no plenário desde março deste ano. No entanto, a votação final acabou sendo adiada por causa da pandemia da Covid-19. 

Com o retorno presencial dos deputados para a Assembleia, o processo finalmente foi pautado para esta quinta. A sessão começou cedo e seguiu o ritual de praxe. No primeiro expediente, aliados de André Fernandes se revezaram na tribuna para os discursos. 

Para Delegado Cavalcante (PSL), o colega está sendo vítima de “pegadinha”. Ele criticou o Conselho de Ética. “Não é digno estar trazendo querelas políticas. O Conselho de Ética está sendo servido para querelas políticas e partidárias”. 

André Fernandes também se pronunciou e disse que o sentimento é de decepção. Ele cobrou o mesmo rigor da Casa em outros casos de deputados denunciados no Conselho de Ética por suposta quebra de decoro parlamentar. 

“Seria repugnante pesar a mão diante da sociedade contra um e aliviar contra outro. Os senhores estão prestes a retirar o mandato de 30 dias de um deputado que não roubou, não se corrompeu, não xingou, ameaçou, não agrediu”.

Fernandes voltou a dizer no discurso que não fez acusações contra Nezinho Farias e apenas encaminhou a denúncia ao Ministério Público do Estado, que acabou arquivando o processo no ano passado. 

Depois do primeiro expediente, os relatores do processo defenderam seus pareceres que sugeriram a punição. Em seguida, os deputados que quisessem se pronunciaram e o advogado de André Fernandes subiu à tribuna para fazer a defesa.  Nezinho Farias, alvo da denúncia, votou a favor da suspensão. Ele nega as acusações do deputado do PSL e acredita que a punição sugerida poderia ser maior.O deputado Jeová Mota (PDT) também votou a favor da suspensão. “Baseado na acusação injusta que ele denunciou o deputado Nezinho é pra manter equilíbrio da respeitabilidade do parlamento, votei a favor do parecer”, disse.Assista a sessão

Share:

Nenhum comentário:

Ouça a Rádio Quixabeira Ao vivo

Clique na Imagem e Ouça a Rádio Quixabeira

OS MELHORES PRODUTOS PARA SUA CONSTRUÇÃO

MOB TELECOM

MOB TELECOM
TURBINE SUA CONEXÃO

ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA

ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA
ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA

LEVE PARA SEU EVENTO

LEVE PARA SEU EVENTO
CONTATOS PARA SHOWS:(81) 9.9929-8456 / (88) 9.9925-3344

RC ÓTICA

RC ÓTICA
16 Anos com Responsabilida e Qualidade Cuidando dos Seus Olhos.

EMPÓRIO DO AÇAÍ

EMPÓRIO DO AÇAÍ
PRODUTOS NATURAIS

APP MINHA MOB

ÓTICA SAN VALLENTIN

ÓTICA SAN VALLENTIN
Aqui você enxerga a diferença

Redes Socias

Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Players da Rádio Quixabeira FM

Curta nossa Página do Facebook

TOTAL DE VISUALIZAÇÕES DO SITE

Ouça no Rádios Net