Inquérito no STF Celso de Mello já assistiu à íntegra de vídeo de reunião ministerial

Inquérito no STF
Celso de Mello já assistiu à íntegra de vídeo de reunião ministerial

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello (Carlos Moura/SCO/STF)
Em 19/05/2020 às 14:36
O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), assistiu na noite desta segunda-feira (18) à íntegra da gravação da reunião ministerial do dia 22 de abril. A reunião foi mencionada pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro como prova de que o presidente Jair Bolsonaro tentou interferir na Polícia Federal.

Um inquérito foi aberto pelo STF, a pedido da Procuradoria Geral da República (PGR), para investigar as acusações de Moro. Bolsonaro nega ter interferido na corporação.

Após assistir o material, o ministro trabalha na decisão sobre o levantamento do sigilo – parcial ou total – do vídeo. O Supremo informou nesta segunda que a determinação do ministro deve sair até o fim de semana.

Nesta segunda, por videoconferência, o ministro foi atualizado pela delegada Christiane Correa Machado sobre os desdobramentos e os rumos das investigações.

Além da expectativa em torno da divulgação do vídeo, nesta terça-feira (19) começa uma nova fase de depoimentos no inquérito quando será ouvido o delegado Claudio Ferreira Gomes, diretor de Inteligência da Polícia Federal.

Nesta quarta-feira (20), serão ouvidos o superintendente da PF em Minas Gerais, Cairo Costa Duarte; Rodrigo Morais, delegado que comandou as investigações sobre o atentado sofrido pelo então candidato Jair Bolsonaro.

O recém-nomeado diretor-executivo da PF e ex-superintendente da corporação no Rio de Janeiro, Carlos Henrique Oliveira, também será ouvido nesta quarta. Ele já prestou depoimento na semana passada, mas pediu para ser ouvido novamente.

A reunião ministerial

A reunião ministerial citada por Moro teve a participação do presidente Jair Bolsonaro, do vice, Hamilton Mourão, Moro e outros ministros. Ao todo, teriam participado 25 autoridades.

Conforme diálogos do encontro, transcritos pela Advocacia-Geral da União (AGU), Bolsonaro reclamou da falta de informações da Polícia Federal e afirmou que iria "interferir".

Fonte: G1
Share:

Nenhum comentário:

Ouça a Rádio Quixabeira Ao vivo

Clique na Imagem e Ouça a Rádio Quixabeira

GOVERNO MUNICIPAL DE ASSARE ASSINA CONVENIO COM A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

GOVERNO MUNICIPAL DE ASSARE ASSINA CONVENIO COM A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Prefeito Libório assina convênio de quase 5 milhões de reais com a caixa Econônmica Federal para asfaltar diversas ruas de Assaré.

ASSISISTÊNCIA SOCIAL DE ASSARE

ASSISISTÊNCIA SOCIAL DE ASSARE
Valorização da primeira infância

JÉSSICA LEITE

JÉSSICA LEITE
ADVOCACIA & ASSESSORIA

LOJA BARATEIRA

LOJA BARATEIRA
ASSARÉ E ANTONINA DO NORTE

CANINANA

CANINANA
conferida no nosso novo CD!!

OS MELHORES PRODUTOS PARA SUA CONSTRUÇÃO

MOB TELECOM

MOB TELECOM
TURBINE SUA CONEXÃO

ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA

ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA
ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA

RC ÓTICA EM ASSARÉ E TARRAFAS

RC ÓTICA EM ASSARÉ E TARRAFAS
16 Anos com Responsabilida e Qualidade Cuidando dos Seus Olhos.

Redes Socias

Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Players da Rádio Quixabeira FM

Curta nossa Página do Facebook

TOTAL DE VISUALIZAÇÕES DO SITE

Ouça no Rádios Net

Arquivo do blog