De virada São Paulo perde do Ajax e se despede do Torneio da Flórida ~ Quixabeira do Assaré

De virada São Paulo perde do Ajax e se despede do Torneio da Flórida


Hernanes marca para o São Paulo (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

Em 13/01/2019 às 14:38

O São Paulo despediu-se da Florida Cup neste sábado com derrota por 4 a 2 para o Ajax (HOL), no estádio do Orlando City. Hernanes abriu o placar no bom primeiro tempo da equipe titular, mas a desorganização defensiva e as chances perdidas pelo time reserva na etapa final custaram caro. O último gol foi do ex-são-paulino David Neres.

O Tricolor, que já havia perdido para o Eintracht Frankfurt (ALE), termina a competição amistosa no último lugar. O primeiro jogo oficial do clube em 2019 será no sábado que vem, contra o Mirassol, no Pacaembu, pelo Paulistão. O Ajax encerrou sua participação na Florida Cup com um empate (contra o Flamengo, seguido de derrota nos pênaltis) e uma vitória. A equipe disputará as oitavas de final da Champions League com o Real Madrid.

Primeiro tempo animador

A formação titular do São Paulo, utilizada por André Jardine nos 45 minutos iniciais, jogou em alto nível. A estratégia de dar a bola ao Ajax e sair com velocidade para o ataque deu certo, já que as linhas de marcação estiveram sempre muito próximas e os jogadores se dedicaram muito para roubar a bola. Pablo até arrumou confusão com o argentino Tagliafico após um lance em que voltou para ajudar no campo de defesa.

O toque de bola qualificado dos holandeses e os dribles do marroquino Ziyech deram trabalho, mas Jean fez só uma defesa, em cobrança de falta de Schone já aos 40 minutos. O Tricolor não criou uma infinidade de chances, mas levou sempre mais perigo e abriu o placar aos 21 minutos. Pablo brigou com a marcação após lançamento de Reinaldo e conseguiu dar um passe inteligente para Hernanes chegar batendo firme. O jovem Helinho, mais uma vez, foi o destaque positivo da equipe.

A bola pune

O São Paulo voltou do intervalo com 11 jogadores diferentes e sem a mesma organização defensiva, mas ainda perigoso no ataque. Em apenas dez minutos, Nenê teve duas ótimas chances e tomou duas decisões erradas: não tocou para Liziero na primeira e finalizou a segunda como se estivesse em uma pelada de fim de ano, tentando encobrir Onana. O castigo veio a galope: Van de Beek empatou o jogo no lance seguinte.

O Tricolor reagiu rápido e voltou a ficar à frente aos 19 minutos, com Brenner finalizando no contrapé do goleiro após receber de Léo.

Mas o Ajax, já com David Neres em campo, foi se apoderando da partida e ainda contou com o árbitro para empatar. Tadic não deu chance a Volpi na cobrança do pênalti que Liziero (não) cometeu em Dolberg.

Brenner teve a vitória nos pés logo na sequência, mas parou em Onana após ótimo passe de calcanhar de Nenê. E a bola puniu de novo... Tadic recebeu lançamento longo e serviu Dolberg, que fez 3 a 2. Já perto do fim, David Neres aproveitou-se da bagunça defensiva são-paulina e marcou diante do seu ex-clube.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 2 X 4 AJAX-HOL

Local: Orlando Stadium, em Orlando (Flórida, Estados Unidos)

Data-horário: 12 de janeiro de 2019, às 16h (horário de Brasília)

Árbitro: Elvis Osmanovic (EUA)

Assistentes: Hassan Belmnahia e Abdel Kuttaineh (ambos dos EUA)

Cartões amarelos: Jucilei (SAO) e Biro Biro (SAO)

Cartões vermelhos: - 

Gols: Hernanes (1-0), aos 21´1ºT; Van De Beek (1-1), aos 11´2ºT; Brenner (2-1), aos 19´2ºT; Tadic (2-2), aos 27´2ºT (de pênalti); Dolberg (2-3), aos 33´2ºT; David Neres (2-4), aos 42´2ºT

SÃO PAULO*: Jean (Tiago Volpi); Bruno Peres (Araruna), Arboleda (Rodrigo), Anderson Martins (Bruno Alves) e Reinaldo (Léo); Jucilei (Willian Farias), Hudson (Liziero) e Hernanes (Nenê); Helinho (Biro Biro e depois Tréllez, aos 41´2ºT)), Pablo (Brenner) e Everton (Diego Souza, intervalo e depois Everton Felipe, aos 25´2ºT). Técnico: André Jardine 

*todas as alterações feitas no intervalo

AJAX: Onana; De Ligt, Van De Beek (David Neres, aos 13´2ºT), Tadic e Mazraoui (Magallán, aos 36´2ºT); Blind, Schone (Gravenberch, aos 38´2ºT), De Jong e Ziyech (Ekkelenkamp, aos 37´2ºT); Dolberg (Huntelaar, aos 37´2ºT) e Tagliafico (Kristensen, no intervalo). Técnico: Erik ten Hag

Fonte: Lance
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS

PARCEIROS

ART CÓPIAS

ART CÓPIAS

Caninana - Então Leva Eu (Clipe Oficial)

RC FLORES

RC FLORES

RC ÓTICA

RC ÓTICA

Redes Socias

Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Players da Rádio Quixabeira FM

Escreva-se no nosso Site

Curta nossa Página do Facebook

As Mais Lidas do Site

Total de visualizações do Site

Ouça no Rádios Net