Camilo diz que Estado se 'preparou' para série de ataques e garante que será 'duro' contra o crime


      Governador disse estar preocupado com a população, mas ponderou que 'são                         momentos duros, mas necessários'

    Governador Camilo Santana garantiu que está preocupado com a população cearense     Foto: Rodrigo Gadelha
A série de ataques tomou uma proporção que deixa os cearenses amedrontados, prejudica serviços públicos básicos e fecha grande parte do comércio. Em entrevista exclusiva ao canal Globo News, na manhã desta quarta-feira (9), o governador Camilo Santana afirmou que o Estado se preparou para o onda criminosa e garantiu que será "duro" com a criminalidade.

"Quero garantir que seremos duro contra o crime, dentro do sistema prisional e fora. Nós nos preparamos para este momento, não é a toa que você não vê nenhum problema no sistema prisional do Ceará. Não há nenhuma rebelião, e estamos transferindo presos, tirando comunicação. A reação tem sido toda aqui fora e temos colocado todas as Forças de Segurança para garantir a segurança. São momentos duros, mas necessários para garantir, a médio e longo prazo, um Estado melhor, mais seguro, com menos violência para a população cearense".

Camilo confirmou a transferência de 21 presos líderes de facções criminosas, do sistema penitenciário estadual para os presídios federais, e revelou que mais detentos com posições de liderança devem ter o mesmo destino. O governador relacionou a forte ação da Secretaria da Administração Penitenciárioa (Seap), comandada por Luís Mauro Albuquerque, dentro das unidades prisionais, à série de ataques registrada nas ruas.
"Infelizmente, a polícia prende o bandido, um líder e ele vai para o presídio, e comanda o crime lá de dentro. O que nós estamos fazendo é cumprindo a lei dentro dos presídios, a ordem, a disciplina, tirando comunicação. O que está acontecendo no Ceará é uma reação desse crime organizado nas ruas do Ceará. Eu tenho colocado que esse enfrentamento precisa ser feito, com clareza e dureza, para combater o crime no Estado", ratificou.
Serviços públicos básicos, como transporte coletivo e coleta de lixo, estão prejudicados pela onda de violência. O comércio conta perdas, com as portas fechadas, nos últimos dias. Camilo garantiu que essa é uma preocupação do Estado e está tomando as providências necessárias para a rotina ser restabelecida.
"A preocupação é exatamente essa, garantir os serviços públicos à população. O principal deles é o transporte público, nós estamos hoje com 1.200 homens só da Polícia Mulitar para garantir o acompanhamento da população de Fortaleza no transporte público. Também criamos um gabinete de situação, que tem a participação da Prefeitura de Fortaleza, para garantir também um acompanhamento da coleta de lixo, dos serviços de energia e de água para a população. Sei que é um momento difícil para a população, mas é importante colocar para a população brasileira que essa é uma ação forte que o Governo do Estado está tendo dentro do sistema prisional", ponderou.

FONTE:http://diariodonordeste.verdesmares.com.br
Share:

Nenhum comentário:

Ouça a Rádio Quixabeira Ao vivo

Clique na Imagem e Ouça a Rádio Quixabeira

OS MELHORES PRODUTOS PARA SUA CONSTRUÇÃO

MOB TELECOM

MOB TELECOM
TURBINE SUA CONEXÃO

ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA

ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA
ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA

LEVE PARA SEU EVENTO

LEVE PARA SEU EVENTO
CONTATOS PARA SHOWS:(81) 9.9929-8456 / (88) 9.9925-3344

RC ÓTICA

RC ÓTICA
16 Anos com Responsabilida e Qualidade Cuidando dos Seus Olhos.

EMPÓRIO DO AÇAÍ

EMPÓRIO DO AÇAÍ
PRODUTOS NATURAIS

APP MINHA MOB

ÓTICA SAN VALLENTIN

ÓTICA SAN VALLENTIN
Aqui você enxerga a diferença

Redes Socias

Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Players da Rádio Quixabeira FM

Curta nossa Página do Facebook

TOTAL DE VISUALIZAÇÕES DO SITE

Ouça no Rádios Net