Missa da Consciência Negra completa 10 anos de celebração na casa do Barão de Aquiraz, Distrito de Genezaré em Assaré. ~ Quixabeira do Assaré

Missa da Consciência Negra completa 10 anos de celebração na casa do Barão de Aquiraz, Distrito de Genezaré em Assaré.

Missa da Consciência Negra  completa 10 anos de celebração na casa do Barão de Aquiraz, Distrito de Genezaré em Assaré.

O evento foi criado em 2008 por iniciativa do Padre Vileci Vidal, na época vigário de Assaré e a professora Cidália, recebendo total apoio da gestão do então prefeito Evanderto Almeida, como ainda do Instituto Canto do Patativa.

Depois de conhecer a Casa Grande do Infincado e saber da sua história, que foi um patrimônio do Barão de Aquiraz, um potentado político e fazendeiro do século XIX,  que usou aquela fazenda para produzir gado de corte e mão de obra escrava para vender nos engenhos de Pernambuco, o Padre Vileci Vidal veio a instituir a Missa da Consciência Negra naquele local, que deixou um forte marco da escravidão no sertão cearense.

A programação para comemorar os 10 anos do evento, passou por vários momentos de preparação entre os parceiros. O padre Vileci, permanece sendo o celebrante principal. Ele próprio vinculou o ato à Comissão Pastoral da Terra – CPT, instituição que está sob a sua coordenação em nível de Diocese.  A Prefeitura Municipal se fez representada pela Secretaria de Cultura, que tem à frente o secretário Vavá Gois e este se encarregou de quase toda logística e da programação do evento. Isso 
porque foi a Secretaria de Cultura quem mobilizou as outras pastas e instituições. Com a Secretária de Educação Eldevanha Sousa ele conseguiu um ônibus para o deslocamento dos alunos da Escola Batistina Braga, que apresentaram uma peça sobre o tema “Consciência Negra”. O mesmo transporte levou os alunos dos projetos de capoeira e maneiro-pau. Outros parceiros vieram da própria comunidade do distrito de Genezaré, onde se encontra a Casa do Infincado. A Escola Joaquim Neco da Costa apresentou uma coreografia cujo tema  foi a escravidão e um recital sobre a Casa. Na ocasião a SECULT Assaré fez o lançamento do cordel “Maria Antonieta” de autoria do Poeta Daniel Gonçalves, que retrata a beleza da mulher negra. O casal Antônio de Eugênio e Irismar ofereceu o almoço às autoridades envolvidas no projeto e seu Hélio, hoje proprietário da Fazenda Infincado colocou o imóvel à disposição para a celebração de mais uma missa, que marca a luta que ainda persiste em defesa da igualdade e inclusão da pessoa negra à sociedade.

A Missa da Consciência Negra na Casa Grande do Infincado ganhou um formato de grito dos excluídos. Na sua celebração este ano, compareceram representações de grupos quilombolas, em destaque, a Comunidade do Arruda, do Município de Araripe.

Presenças.

Estiveram presentes à celebração da Missão da Consciência Negra na sua 10ª edição, o padre Paulo Costa, (que concelebrou com o padre Vileci), a prefeita Maria É Braga, o Secretária da SECULT Vavá Gois, a secretária de Educação Eldevanha Sousa, professor Luizão, diretor da Escola Batistina Braga  Mario Daniel, Diretor da Escola Joaquim Neco da Costa professor Orlando, o chefe do destacamento policial sargento Bandeira e seus comandados, a TV Verdes Mares, TV Quixabeira do Assaré e comunidade do Distrito de Genezaré, sítios vizinhos e alunos de algumas escolas do município de Campos Sales.

O prefeito Evanderto Almeida não compareceu porque está de licença do cargo, mas telefonou para a comissão para apoiar o evento.


CONFIRA DEZENAS DE FOTOS DO EVENTO:











































































Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ART CÓPIAS

ART CÓPIAS

PARCEIROS

PARCEIROS

Caninana - Então Leva Eu (Clipe Oficial)

RC FLORES

RC FLORES

RC ÓTICA

RC ÓTICA

Redes Socias

Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Players da Rádio Quixabeira FM

Escreva-se no nosso Site

Curta nossa Página do Facebook

As Mais Lidas do Site

Total de visualizações do Site

Ouça no Rádios Net