Furacão Lane atinge Havaí e milhares se refugiam em albergues






Às 18h GMT (15h de Brasília), Lane estava a 274 km de Honolulu, onde se mantém o 'alerta de furacão', com ventos de 170 km/h.


Chuvas torrenciais e rajadas de vento varriam nesta sexta-feira (24) o Havaí, onde o furacão Lane vem provocando deslizamentos e inundações, obrigando milhares de pessoas a buscarem refúgio em albergues. Não há relatos sobre vítimas.

As principais regiões habitadas do arquipélago, incluindo a capital Hololulu, se mantêm em alerta nesta sexta na passagem da tempestade, que diminuiu sua intensidade para a categoria 2, mas avança a 3 km/h, podendo provocar grandes estragos.
"Não será uma corrida rápida, será uma maratona", disse Bill Roche, diretor regional adjunto da Agência Federal para a Gestão de Emergências (FEMA).


Às 18h GMT (15h de Brasília), Lane estava a 274 km de Honolulu, onde se mantém o "alerta de furacão", com ventos de 170 km/h, segundo o último boletim do Centro Nacional de Furacões do Pacífico (CPHC).

"Está previsto algum enfraquecimento adicional mais tarde e esta noite, mas espera-se que Lane continue sendo um furacão perigoso", acrescentou o informe.

A velocidade é chave no grau de destruição que pode provocar, explicou a cientista atmosférica Rosimar Ríos-Berríos. "Ao se mover tão lentamente, os eventos de chuva se prolongam por mais tempo", causando destruição, explicou a especialista do Centro Nacional de Pesquisa Atmosférica (privado) no Colorado.
Em algumas localidades de Big Island (Ilha Grande), a primeira a ser impactada e onde o vulcão Kilauea está em erupção, caíram 760 mm de chuva.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos informou que o furacão "não deve ter maior impacto na erupção", mas advertiu para os gases tóxicos que podem emanar devido ao contato de água fria nos rios de lava incandescente.

O CPHC prevê sobretudo no arquipélago acúmulos de 250 mm a 500 mm de chuva e de até 1.000 mm em algumas áreas, "o que leva a inundações e deslizamentos de terra catastróficos e potencialmente mortais".
O presidente Donald Trump decretou na quinta-feira (23) estado de emergência para o Havaí, o remoto estado situado a 3.200 km da costa americana, no oceano Pacífico.
Nesta sexta, Trump telefonou para o governador David Ige para oferecer apoio e reafirmar "que o governo federal está totalmente comprometido em ajudar o estado nos esforços de resposta e recuperação relacionados ao furacão Lane", informou a Casa Branca.
Ao menos 2 mil pessoas estão abrigadas nos 45 centros de evacuação montados, informou Brad Kieserman, vice-presidente de Operação e Logística em Desastres da Cruz Vermelha Americana.
"Não ficarei surpreso se despertar amanhã e ter nos centros de evacuação entre 2.500 e 3.000 pessoas", disse Kieserman sobre a velocidade "em que a população da ilha está reagindo à ameaça".


FONTE:Por France Presse
Share:

Nenhum comentário:

Ouça a Rádio Quixabeira Ao vivo

Clique na Imagem e Ouça a Rádio Quixabeira

I9EVENTOS ASSARE


OS MELHORES PRODUTOS PARA SUA CONSTRUÇÃO

MOB TELECOM

MOB TELECOM
TURBINE SUA CONEXÃO

ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA

ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA
ARATCAEJO PAGUE MENOS BARBALHA

LEVE PARA SEU EVENTO

LEVE PARA SEU EVENTO
CONTATOS PARA SHOWS:(81) 9.9929-8456 / (88) 9.9925-3344

RC ÓTICA EM ASSARÉ E TARRAFAS

RC ÓTICA EM ASSARÉ E TARRAFAS
16 Anos com Responsabilida e Qualidade Cuidando dos Seus Olhos.

APP MINHA MOB

ÓTICA SAN VALLENTIN

ÓTICA SAN VALLENTIN
Aqui você enxerga a diferença

Redes Socias

Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Players da Rádio Quixabeira FM

Curta nossa Página do Facebook

TOTAL DE VISUALIZAÇÕES DO SITE

Ouça no Rádios Net